Review Cerveja: Anderson Valley – Boont Amber Ale

Garrafa e copo da cerveja Boont Amberale

Opa! De volta aqui para falar mais um pouco sobre as cervejas que tenho consumido, estudado, conversado sobre e etc. Escolhi hoje falar de uma das cervejas da Anderson Valley Brewery, mais um master sucesso da nova escola cervejeira americana.

Numa degustação fechada junto com o Dono do Bar, Salo Maldonado (já falei dele por aqui) e um ilustre cliente aqui do empório (Alô Dudu, ta famoso hein, uhu!), eu pude apreciar mais dignamente cada estilo, e explorar bem mais as minhas preferidas da linha. Numa recente degustação, pude apreciar e ouvir ainda mais sobre a cervejaria, e outras particularidades. Hoje vou falar da primeira preferida: A Boont Amber Ale.

Concordando com David Centola…

Dando uma olhadinha no site da Anderson Valley e lendo sobre as cervejas, vendo se casava com o que eu tinha achado delas ao degustar, me deparei com a expressão simpática do que me pareceu ser um depoimento emocionado de um apreciador:

This is by far, the best ale I have tasted in my entire life. It is simply magical. It makes my mouth water for more with every gulp.

David Centola – Dublin, CA

Pensei em escrever…

Dear David, I’ve never seen you before, I’ve always loved, you beautiful!

hahaha Ok, mas eu não o fiz… O ponto é que o David disse exatamente tudo o que eu pensei quando bebi a Boont Amber Ale.

Sobre a Boont Amber Ale

Garrafa da cerveja Boont Amberale

Características

  • Origem: Estados Unidos
  • Estilo: American Amber/Red Ale
  • Sabor: lúpulo, malte tostado
  • TeorAlcoólico: 5.8%
  • Cervejaria: Anderson Valley
  • Taça/Copo: EnglishPint ou Tumbler
  • Vai bem com: Carnes assadas, pães apimentados, comida apimentada, comida Cajún

Boont Amber Ale ganhou a medalha de prata em 2003 no Great American Beer Festival, no estilo american Amber /categoria Red Ale; têm várias outras medalhas, e foi nomeada a “melhor cerveja fabricada no norte da Califórnia”, pelo SanFrancisco Bay Guardian. Boont Amber Ale é uma cerveja de médio porte, com uma cor de cobre bonita, uma cabeça robusta (oieee), e um rico sabor de caramelo, malte. Esta cerveja muito suave e excepcionalmente potável deve casar de forma excelente, com bifes, frango, massas e outros pratos saborosos.

Mas, isso é o que diz o site. E o que eu achei? Bem, eu gostei muito da Boont Amber Ale, achei muito equilibrada, gostei do aroma – que pra mim pareceu meio floral, meio adocicado (caramelo) -, e de como ela desfila (sim, desfila, acreditem!) pelos sabores até findar num retro gosto amarguinho. Eu simplesmente apaixonei pela cerveja!

Você também gostará desses

Cantillon: o sabor da fermentação espontânea A descrição de uma experiência bem pessoal: a degustação da complexa e rara Cerveja Cantillon Kriek 2002 Lou Pepe (icone do estilo Lambic).
Review Cerveja: A outra Mais um review de cerveja nacional, a vez é de uma cerveja lager, no estilo Standard American Lager, o nome é A Outra.
Review: Cerveja Paulaner Hacker Pschorr Descrição desta bela cerveja alemã de trigo Paulaner. Conhecida por muitos, mas em uma nova edição, com uma belíssima garrafa. Uma ótima cerveja, num ...
Review cerveja: Oettinger Super Forte Review dessa cerveja alemã forte e encorpada do estilo Malt Liquor. Dr. Beer fala sobre seu alto teor alcoólico, aroma, aparência, colarinho, entre ou...
Cerveja da Grécia: Mythos Uma passagem pelo Leste Europeu e nosso forasteiro traz a principal cerveja da Grécia, a Mythos. Uma cerveja de apelo jovem, com um sabor suave e com ...
Whisky: O Guia Mundial definitivo A Editora Senac São Paulo traz para o Brasil um livro de grande sucesso no exterior, Whisky: O Guia Mundial definitivo. Escrito pelo mestre Michael Ja...