Review cerveja: Heineken 1L

header garrafas heineken

Para os que pediram uma cerveja “acessível” e conhecida por todos, venho deixar minha opinião, considerações e afins sobre uma cerveja adorada por muitos, a Heineken, mas no seu modelo GG, de um litro.

As versões de Heineken vendidas no Brasil, long neck e 600ml, se distinguem da versão de 1L (também conhecidas como ‘nhonho’), envasada na Argentina. Essa última é o objeto em questão.

Descrição detalhada Heineken 1L

Grande hein...

Grande hein...

Espuma média, rochosa, branca e persistente é o que se vê logo após despejá-la no copo. Sua aparência se completa com boa formação de colarinho, um corpo transparente e coloração amarela média. No campo dos aromas, percebe-se notas de pão escuro, lúpulo moderado e grama.

Nada impressionante, porém acima da média de muitas pilsens comerciais. Em termos de sabor, no primeiro gole já se sente logo de início doçura e amargor leves, permeados por um corpo também leve e uma textura seca, envolvidos por uma borbulhante carbonatação. No final do gole, percebe-se um leve amargor e uma persistência metálica, sensações estas que não perduram muito no paladar.

O que perdura, durante todo o gole, é o característico amargor da Heineken, este comum em todas as versões dessa boa, porém limitada, pilsen.

Custo-benefício

A versão de 1L degustada por mim foi adquirida em Ciudad del Este, Paraguai, a algo entre R$ 2 e R$ 3, o que a tornou um bom negócio. O valor cobrado nas long necks em supermercados, algo entre R$ 1,50 e R$ 2, é o mais próximo do que se pode chamar de justo. Acima desses valores, existem melhores opções.

Nota: 12 Skols

Informações

  • Origem: Holanda
  • Estilo: Pilsen
  • Grad. Alc.: 5%

Você também gostará desses

Review Cerveja: Meantime IPA Review dessa cerveja inglesa do estilo India Pale Ale (por isso a sigla IPA). Garrafa muito bonita, negra com um verde escuro, com rolha estilo champa...
Review Cerveja: Achel 8 Blond Mais uma cerveja belga aparecendo no PdB, agora é a trappiste Achel 8. Cerveja agradável, porém pecou em alguns pontos importantes e poderia ser bem m...
Weltenburger e seu portólio cervejeiro no Brasil Conheça a Weltenburger, uma cerveja interessante e que foi comprada pelo Grupo Petrópolis. Confira seu portólio cervejeiro no Brasil!
Review cerveja: Tucher Helles Hefe Weizen Review de uma cerveja de trigo muito boa, a Tucher Helles Hefe Weizen. Uma cerveja alemã com um aroma diferenciado e um sabor leve e diferente para um...
Frigobar Club Brastemp O Papo de Bar testa o Club Brastemp, um frigobar style ultra modafoca cedido pela Brastemp. Um frigobar exclusivo para cervejas, com design arrojado, ...
Review de cerveja: Amazônia Brazilian Beer Conheça a Amazônia Brazilian Beer, uma cerveja artesanal curitibana da cervejaria Germânia. Bem saborosa, bem leve, apesar do corpo mais acentuado, um...