Review Feminino: Smirnoff Black

Olá! A Loira está de volta.

Talvez você leia esse post pensando “Ué? Não é o Borislay Ressaks que deveria escrever esse post?”.

Não se engane. Eu amo vodka. Tomo ela de qualquer jeito, pura com gelo, pura sem gelo e com milhares de opções de coquetéis.

Meu nome é Black, Smirnoff Black

Garrafa de Smirnoff Black

Essa belezinha acima se chama Smirnoff Black. É uma edição especial tipo exportação, mas não é limitada. Custou R$48,00 ao meu bolso. Quem toma vodka Smirnoff sabe que o preço da tradicional não passa de R$14,00.

Qual a diferença dessa Black?

Para falar da diferença vou dizer por que eu tomei partido a fazer esse review. O paladar feminino é muito mais detalhado do que o do homem e percebe mais as nuances do gosto da bebida.

Como diz o rótulo, sua destilação é diferenciada. Segue uma receita tradicionalmente russa ao pé da letra, dando um ar mais forte e mais suave a degustação da bebida.

Sentei na mesa em um domingo e decidi que iria fazer esse review (nada conveniente, né?), coloquei a garrafa na geladeira por algumas horas, servi em um copinho de cachaça e degustei.

E a sensação?

A sensação é uma das melhores que já tive com uma bebida. Quando colocada na boca o ardor tradicional da vodka marca presença, mas rapidamente muda para algo mais sutil e quando engolida, a suavidade e o gosto permanecem como se quisessem morar ali para sempre.

A vodka russa tem essas características da Black, mas como o dono da empresa tem suas próprias receitas não poderia imitar totalmente outro criador, o padrão Smirnoff ainda é reconhecido.

Aconselho que experimente, degustação única.

Beijos da Loira

Você também gostará desses

Você conhece a Black Vodka? Boris apresenta aos seus leitores uma bebida inovadora e deliciosa, que poucos conhecem. A Black Vodka. Sim, uma vodka escura e deliciosa.
Caipiroska direto da fruta: Caipiroska Smirnoff Smirnoff lança uma campanha fantástica para sua linha de caipivodkas. As garrafas vem "embaladas" com a "casca" da fruta e você precisa "descascar" a ...
Jogos Etílicos: E que comecem os jogos! Pra quem pensa que beber é algo chato e monótono. Alguns jogos para você, bêbado, se divertir enquanto está com os amigos, seja no Bar ou em casa mesm...
Jeremy veio, viu e bebeu! Neste post Jeremy Joseph conta ao PdB sua engraçada saga etílica em um churrasco onde ele apresenta a Cachaça Jacutinga.
Dr. Beer: Detalhes sobre os termos usados Ao degustar uma cerveja você acaba falando alguns termos e sensações ainda não descobertas por leigos. O objetivo desse artigo é tirar todas as dúvida...
Top 10 Vodkas. O ranking com as melhores vodkas Boris mostra o Top 10 das vodkas mais caras. Algumas ótimas ficaram de fora, mas vale conferir algumas que você talvez desconheça.