Risoto ao funghi

Salve salve amigos e companheiros de mesa de bar. Não sei vocês, mas tem dia que não me sinto muito enérgica para cozinhar pratos que possam tomar muito tempo. Tem dia que acordo e quero café da manhã, almoço e janta na cama. Preguiça level extreme. Maaaaaas temos que comer todo dia não é mesmo?! E mesmo tendendo pra vagabundagem, não abro mão de comer bem. Eis que surge essa receita marota de Risoto ao funghi que fica pronta e deliciosa em menos de 30 minutos.

Como assim, somente 30min pro Risoto ao funghi?

Isso mesmo. Fácil e rápido, como todo preguiçoso gosta, principalmente nesses dias frios que tem feito aí no Brasil, que não dá nem vontade de sair da cama, não é verdade? Vamos então ao preparo.

Ingredientes do Risoto ao funghi

Prato de Risotto ao funghi

Créditos: Burbujas Magazine

  • 40g de funghi porcini secos;
  • ½ cebola bem picada;
  • 2 dentes de alho picados;
  • 2 ½ xícaras de arroz arbóreo;
  • 1 copo de vinho branco seco;
  • 1 cubinho de caldo de carne;
  • Sal e azeite extravirgem a gosto;
  • 1 colher de sopa de manteiga;
  • Queijo ralado na hora a gosto.

Modo de fazer o Risoto ao funghi

  1. Lave bem os cogumelos secos com água corrente para tirar o máximo possível e terra e outras cositas menos apetitosas.
  2. Antes de cozinhar, precisamos hidratar o cogumelo e para isso coloque-os em uma panela com 1 xícara de água aquecida e um pouco de sal por mais ou menos uma hora até que fiquei mais estufadinhos. Reserve.
  3. Em outra panela, doure a cebola e o alho com azeite e coloque o arroz arbóreo para refogar.
  4. Mexa o tempo todo e, quando estiver grudando no fundo da panela, coloque o copo de vinho branco.
  5. Em outra panela, junte o cubo de caldo de carne em 1 litro de água até dissolver tudo.
  6. Depois que o vinho evaporar e sem parar de mexer o arroz, aos poucos vá colocando o caldo de carne. Alterne a colocação do caldo com a colocação da água em que os cogumenlos foram hidratados.
  7. Enfim, adicione os cogumelos e continue mexendo por em cerca de 18 minutos. O ponto de cozimento é al dente, ou seja, meio duro para o paladar brazuca.
  8. Depois de pronto, ainda na panela, coloque a manteiga e misture bem. Sirva com queijo ralado na hora.

Finalizando

Fiz essa receita com arroz arbório, que é próprio para esse tipo de prato por ter mais amido, sendo assim mais cremoso quanto pronto. Se você não tiver em casa e não quiser sair para comprar (considerando o nível de ociosidade do dia), relaxa e usa aquele arroz branco que sobrou do almoço e taca uma colher de requeijão para deixar cremoso. Rá, problema resolvido. Malandragem pura adquirida ao longo de dias tensos de inverno com 0? ou até menos 😉

Você também gostará desses

Pastel de Forno recheado de abobrinha, bacon e gor... Aprenda uma deliciosa receita de um petisco clássico de boteco, mas com uma variação, um pastel de Forno recheado de abobrinha, bacon e gorgonzola. Co...
Pastel de Feira Aprenda a fazer um dos mais simples e desejados aperitivos de final de semana, o pastel de feira. Mas nosso pastel de feira leva cachaça e pode ser co...
Como fazer Caldo de ervilha Veja a receita e os ingredientes de como preparar um delicioso petisco de boteco pra esse frio, o caldo de ervilha que cai muito bem com um chopp gela...
Tequila, limão e camarão Que todo mundo gosta da combinação tequila, limão e sal todo mundo sabe. Mas confira agora uma outra combinação gastronômica: tequila, limão e camarão...
Fritada, o café da manhã dos campeões Aprenda a receita, os ingredientes e como preparar um café da manhã dos campeões com uma Fritada feita com bacon e cerveja. Confira essa receita irada...
Coração de frango no churrasco Aprenda uma receita de coração de frango no churrasco que leva vinho branco na sua composição. Uma deliciosa e inusitada mistura. Confira e arrisque....