Steinhaeger Becosa quer conquistar o Brasil

Salve. Salve, amigos PdBs! Fomos convidados pela galera do Steinhaeger para visitar a Oktoberfest Rio e conhecer o Steinhaeger Becosa. O evento foi bem legal, mas provar algumas maneiras diferentes de consumir o Becosa foi demais. Vocês devem ter acompanhado um pouco por nossas redes sociais, onde fizemos lives e postamos fotos, mas aqui vou explicar um pouco mais sobre tudo.

O que é Steinhaeger Becosa?

Steinhaeger Becosa

Olhando na Wikipédia, você encontra a seguinte definição para Steinhaeger:

É uma bebida destilada aromatizada com Juniperus (zimbro). Surgiu no século XV, na pequena aldeia de Steinhagen, na região da Vestfália, que pertence atualmente à Alemanha. Na produção, as frutas de Juniperus são esmagadas junto com grãos de trigo. Depois de fermentada, a pasta é destilada em alambiques do tipo pot still. De acordo com a Lei do Monopólio da Aguardente da Alemanha, que é a lei que dita as regras da produção do Steinhäger no país, a bebida não pode sofrer adição de nenhum produto químico na mistura de zimbro e trigo.

O Steinhaeger Becosa é a versão brasileira da bebida. Reparem que em alemão, se escreve “Steinhäger” e em português usaram “Steinhaeger”. Ele é produzido por aqui, de maneira 100% artesanal, mas segue todas as regras dos alemães. Sem nenhum conservante em sua receita e seus 38,5% de álcool, o Becosa é bem gostoso! Para aqueles que curtem shots ou os que preferem drinks, o destilado agrada bastante.

Como bebe?

Steinhaeger Becosa submarino

O mais famoso modo de beber o Steinhaeger Becosa é com o Submarino. Não é um drink propriamente dito, mas é algo inusitado. Você serve um shot de Becosa e coloca de cabeça para baixo dentro de uma caldereta de chopp. Serve o chopp e está pronto seu submarino! Ao beber um gole, o copo de Becosa levanta e deixa sair um pouco da bebida que se mistura ao chopp que fica com um sabor bem gostoso.

Fora isso, o ato de beber um submarino é muito divertido. Se for beber em casa, fica mais legal ainda, porque você terá que montar seu próprio drink.

Quebra Gelo

A maneira mais social de beber o Steinhaeger Becosa é conhecida como Quebra Gelo. É bem simples e agradável, aliás. Quando for beber aquela cerveja com os amigos, encha os copos e sirva também um shot de Becosa para cada. Vá alternando entre um gole de cerveja e outro de Steinhaeger Becosa. Para ninguém passar dos limites, recomendamos colocar água nesses intervalos. Garanto que a noite será um sucesso!

Caipirinhas

Experimentamos a caipirinha de limão. A receita é clássica, com limão, açúcar, gelo e Steinhaeger Becosa. Fica sensacional! A mistura de sabores do destilado com a fruta fica incrível! Pode usar outras frutas também, a que você preferir, na verdade. Drinks com outros componentes também estão liberados. O negócio é experimentar e decidir qual te agrada mais.

O evento

daniel dulcetti lincoln

A Oktoberfest é comemorada em diversas cidades do mundo. Aqui no Brasil, a mais famosa é a de Blumenau, em Santa Catarina, mas a festa rola em muitos outros lugares. São Paulo, por exemplo, fez bonito esse ano e a Oktoberfest bombou por lá.

No Rio, a ideia é um pouco diferente, pois o projeto não engloba um único lugar fechado, mas sim a promoção da cultura alemã pela cidade. Chamada de Oktoberfest Rio Festival, a Ana Paula Ferreira, porta-voz do grupo organizador do evento, contou um pouco sobre a ideia:

“Não pretendemos imitar a Oktoberfest de Blumenau. E sim promover um circuito que ofereça o melhor da cultura alemã, presenteando cariocas e turistas com um amplo roteiro gastronômico, etílico (oba!) e multicultural”.

A ideia foi executada pelo grupo Polo Novo Rio Antigo, que representa uma região bem boêmia do Rio de Janeiro, pegando a região da Lapa e alguns pontos do Centro. Foi meio em cima da hora, mas juntos, eles correram, conseguiram patrocinadores e fizeram a coisa acontecer em pouco tempo.

Foram 10 dias de evento, entre 18 e 28 de outubro, com 60 bares participantes, a maioria na Lapa, Cinelândia, Lavradio, Tiradentes e Carioca. Por ser a primeira e sabendo que não houve tempo hábil para uma maior divulgação, achei a Oktoberfest Rio Festival bem legal, mas, sem dúvida, espero muito mais em 2018.

Finalizando

Adorei conhecer o Steinhaeger Becosa! Terei em casa e será sempre uma opção para aquela pré que rola com a galera antes das baladas. E prometo que quando fizermos nosso Submarino, vamos postar em nossas redes sociais para fazer aquela inveja em vocês. Sugiro que façam o mesmo e marquem a gente 😉

Aquele abraço!

Você também gostará desses

Cervejada nudista nos EUA Uma ideia bem louca e inusitada, uma cervejada nudista que rolará no dia 28 de junho, na cidade Palmerton, na Philadélfia. Cerveja a naturismo. O que ...
Cerveja de maconha Startup canadense pretende substituir o volume alcoólico por THC (princípio ativo da erva) para lançar sua primeira cerveja de maconha.
Singha Beer, uma cerveja da Tailândia A cerveja Singha Beer e a Cantu Importadora levam consumidores para desfrutarem os encantos de um roteiro paradisíaco na Tailândia com uma promoção....
Skol Ultra, a cerveja para atletas A Skol Ultra é produzida por meio de um processo inovador e possui menos calorias e carboidratos.
Impostos + impostos = Cerveja mais cara Os consumidores de cerveja sofrem com os altos preços, mas as cervejarias artesanais também sofrem bastante. Mais uma vez no ano teremos cerveja mais ...
Cerveja hidrata que nem água depois da prática esp... Estudos mostram que a cerveja consumida, moderadamente, após exercícios físicos tem o mesmo efeito de hidratação que a água. E mostram que cerveja mel...