Tazza Wine Bar: Novo conceito em SP

“Conheça o Tazza Wine Bar, localizado em São Paulo e que tem o modelo de Wine Bar, inovador e que tem crescido bastante nos últimos anos. Confira agora!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (5 votes, average: 7.60 out of 10)
Loading...

Há pouco mais de 2 meses foi inaugurada na rua Mourato Coelho, Vila Madalena (SP), o itinerante Tazza Wine Bar, que em italiano significa xícara – uma brincadeira com a palavra Taça. Itinerante, lá temos a incrível opção de escolher um ou mais vinhos na estação de vinhos WineStation.

E o que tem nessa Tazza Wine Bar?

Petiscos do Tazza Wine Bar

É possivel seguir o menu-degustação ou escolher os vinhos e harmonizá-los com as incríveis porções de deliciosos bolinhos e outros petiscos que a casa oferece. Achei muito gostosos os croquetes de presunto cru e os bolinhos de camarão, todos os dois servidos com um copinho de molho picante ao lado.

Jarra de água do Tazza Wine Bar

Não se preocupe porque a água, que é por conta da casa, é reposta em jarrinhas e copos americanos – um agrado de suma importância e que ajuda a degustar o próximo vinho.

Esse novo conceito de wine bar está muito valorizado no momento, sendo um verdadeiro deleite para os amantes de vinho e uma ótima opção para quem quer conhecer vinhos de forma descompromissada e divertida, os infográficos estampados nas paredes da casa reforçam a ideia. O público é composto de diferentes faixas etárias e a decoração descolada e arrumadinha da casa dá conta de atrair jovens, sendo em sua maioria mulheres, dos 30 a 40 anos, tendência que se repete no restante do mundo.

Quantos vinhos tem no Tazza Wine Bar?

Cartão do Tazza Wine Bar

É um barato entrar na casa, cadastrar seu cartão e iniciar o “tour du vin”- além dos 32 vinhos disponíveis nas 8 WineStation, existem mais 10 na carta. As chamadas “flights”, degustações temáticas por país/região – França, Piemonte, Novo Mundo ou mesmo as mais “experts” – Terroirs (vinhos de caráter) e Premium (vinhos tops). Opção pra se divertir não faltará!

A cada 4 meses a carta da casa muda, os vinhos da WineStation saem para dar lugar a mais outros 32 tipos, entre eles brancos, rosés, tintos leves ou mesmo encorpados. Não se preocupe, se você for lá pela segunda vez e quiser repetir algum vinho que já tenha gostado, é bem provável que seja um dos mais apreciados dos últimos 4 meses e ainda esteja disponível na carta. Tudo isso, só é possivel graças ao sistema californiano de serviço de vinho WineStation, que ainda preserva todas as características dos vinhos por até 60 dias, uma das formas mais seguras de preservação e serviço de vinhos encontrada no mercado.

Uma aposta etílica

Marcio, dono do Tazza Wine Bar

O Tazza Wine Bar é uma aposta do empreendedor Marcio Nery e seu time de excelentes profissionais, incluindo o sommelier português Tuga.

Em minha opinião tem tudo para dar certo! Eu curti muito, degustei vinhos de bom a maravilhosos, gastei por volta de 90 reais e saí feliz da vida! São 42 opções ao todo, mais 2 espumantes e vinhos de sobremesa como um bom fortificado moscatel de setúbal, um porto Tawny para bebericar sozinho ou acompanhando o tartalete de marzipã com chocolate da casa. Segue a lista de vinhos que me fizeram a cabeça e que você pode encontrar por lá. Bom divertimento e até a próxima!

1 – Gavi “Le Marne”

Garrafa do vinho Gavi

  • Origem: Gavi, Itália
  • Produtor: Michele Chiarlo
  • Uva: Cortese

2 – Les Angelotes de Villemaurine

Garrafa do vinho Les Angelots

  • Origem: Saint Emilion, França
  • Classificação: Saint Emilion Grand Cru
  • Produtor: Chateau Villemaurine
  • Uvas: Merlot Blend

3 – Marques de Tomares Reserva

Garrafa do vinho Marques de Tomares

  • Origem: Rioja, Espanha
  • Produtor: Marqués de Tomares
  • Uva: Tempranillo

4 – Ben Schiild Reserve

Garrafa de vinho

  • Origem: Barossa, Australia
  • Produtor: Schild State
  • Uva: 100% Shiraz

5 – Alterego Monferrato

Garrafa do vinho Alterego

  • Origem: Monferrato, Italia
  • Produtor: Luiggi Coppo
  • Uva: Barbera

Você também gostará desses

Hard Rock Café Curitiba O Papo de Bar visitou o Hard Rock Café Curitiba, a mais recente franquia no Brasil. Saiba mais sobre o ambiente, atendimento, cardápio, preços e curio...
Viajar é cultura (etílica): Vinícola Ouro Verde Situada na cidade de Casa Nova, interior da Bahia e pertinho da divisa com Pernambuco, a Vinícola Ouro Verde é uma ótima opção de viagem etílica pelo ...
Carpaccio Lounge – Dos mojitos especiais ao melhor... O Papo de Bar visitou o Carpaccio Lounge, em São Paulo. Um excelente local com diversos drinks, comidas e petiscos deliciosos.
Charleston Bubble Lounge: Champanheria nova no Rio Falaremos sobre a Charleston Bubble Lounge, uma Champanheria nova no Rio de Janeiro. com um estilo diferenciado e decoração inspirada nos anos 20, ela...
Cervejario: Foz do Iguaçu na rota das cervejas esp... Foz do Iguaçu está também nas Rotas Cervejeiras Artesanais com mais uma grande loja, a Cervejario, com um extenso cardápio de cervejas artesanais.
Vapor Burger & Beer promove Happy Tasting em ... O Papo de Bar foi até o Vapor Burger & Beer, que promoveu um Happy Tasting em SP. Harmonizaram diversos tipos de hambúrgueres com cervejas artesanais....

Compartilhe:

  • F.Machado

    Meu amigo, se você é jornalista faça o favor de escrever a sua apresentação em bom português. “Adora DAR”, e não “adora dá”. Faltam vírgulas depois de cada uma das palavras “profissão” na primeira linha. Falta outra vírgula depois de “vinho”, na segunda linha. Depois de “ali” vai um ponto e não uma vírgula. Substitui “se beirar” por apenas “beira”. O “a” antes de chatice deve ser craseado. Põe mais uma vírgula depois de gastronomia.