#EstiloPdB

Um brinde à…

“Veja como brindar com seus amigos em diversos lugares de formas diversas e engraçadas.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (2 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Não que ninguém aqui não abra aquela cerveja – ou vinho, uísque, vodka ou água de coco, tanto faz – sem companhia depois um dia puxado ou naquele calor da brasilidade; só é muito mais divertido sentar com os amigos e discutir sobre a vida, o universo e tudo mais enquanto a birita rola solta. Somos seres sociais, oras.

E quem senta numa mesa de bar, sabe que não se toma o primeiro gole sem brinde. Talvez seja a ofensa mais grave que se possa cometer numa mesa de bar. Por aqui amaldiçoamos quem comete esse acinte com sete anos sem sexo, mesmo desejando saúde, vida longa, que nossos filhos tenham pais ricos e mães gostosas; ou qualquer outra coisa que tenha alguma relevância no momento do brinde (VAI, MENGÃO! é um dos meu preferidos, aliás).

Mas e como a galera faz um brinde em outros lugares?

Pesquisei por aqui e, confesso, encontrei mais rituais esquisitos de bebida do que brindes que fujam do “saúde” tradicional. Mas trago aqui os que achei.

Brinde e beba tudo, seu filho da puta

Um brinde com canecas de cerveja

Na Catalunha, região noroeste da Espanha cuja capital é Barcelona, existe um brinde diferente, no original

“Sant Hilari, Sant Hilari, fill de puta que no se l’acabi”

Numa tradução livre:

“São Hilário, São Hilário, mas é um filho da puta aquele não beber tudo.”

Os caras pedem ao santo padroeiro da região que amaldiçoe o coleguinha que não terminar o copo. Acho válido, principalmente porque me sinto ofendida sempre que deixam copo cheio e vão embora. Espragueja eles, São Hilário!

Bebe logo essa merda

Brinde entre barbudos da Rogue

Na Alemanha, além do famoso prost, tem o desconhecido:

“Hau weg die schiesse”

Na tradução:

“Finaliza essa merda.”

Direto, objetivo, pragmático. Mais alemão do que isso, só o Phillip Lahm de ledenhosen.

Os japoneses…

Todo mundo conhece o Kampai japonês. O que não tinham nos contado é que existe outra tradução além do saúde: seca o copo. Se nos esforçarmos um pouco, de uma única palavra, podemos tirar a frase: saúde pra secar esse copo, faz muito sentido quando pensamos que a bebida do Japão é o saquê…

Um brinde à Dinamarca!

Um birnde viking

De longe, a Dinamarca parece uma nação calma e plácida, fazendo legos e nomeando lojas de chocolate, certo? Pois na hora do brinde tradicional, eles nos lembram que são vikings também e, além de incitar a biritagem, soltam uma ameaça:

“Bunden i vejret eller resten i håret”

Livremente traduzido dá em:

“Virando tudo ou vai o resto na cabeça.

Lembre disso quando for visitar Copenhagem.

Ahhhhh os Irlandeses…

Todo mundo que já comemorou um dia de São Patrício, conhece o irlandês sláinte. Mas eles têm uma versão maior:

“Sláinte bradán bod mór agus bás in Eireann.”

Traduzindo:

“À saúde um salmão, um pau grande e a morte na Irlanda”

Essa é a tradução livre. Não sei exatamente o que eles querem dizer quando desejam ter a saúde de salmão, mas não posso discordar de que o resto seja interessante…

E por último, os ingleses

Brinde com Champagne

Pelo que andei lendo, a Inglaterra tem mais formas de brindar do que times de futebol (e olha que devem ser umas 5 divisões, pelo amor de Deus, gente, parem com isso [mentira, não parem jamais]). Rodando por aí, achei uma interessante:

“Here’s mud in your eye”

Traduzindo de forma marota:

“E lá vem a lama no olho.”

Porque fazer sentido, parece-me, não é algo muito importante quando o que a gente quer é apagar a brasa da garganta.

Finalizando

Existem muitas formas de beber e de brindar e cada país tem seu próprio ritual. No geral, a impressão que fica é a de que o mais importante na reunião para beber é a alegria do ato, além de querermos mesmo é ter saúde para seguirmos bebendo com os amigos. Então, fica aqui meu desejo: à nossa!

Você também gostará desses

Beber é cool! Beber é cool. Você concorda com isso? Com a chegadas das redes sociais isso ficou mais evidente. Muitos compartilhando seus momentos etílicos.
Somos todos Papo de Bar O #EstiloPdB é um marco, um nível de comportamento acima do normal, onde se aproveita a vida de forma saudável, sem preconceitos e com grandes amizade...
Nossas marcas favoritas de cerveja Confira outros produtos que tem o #EstiloPdB, estilo cervejeiro: bandejas para você servir cerveja para seus convidados e uns jogos americanos feitos ...
Esquina, a relíquia carioca Vamos falar de uma relíquia carioca para nós, bebedores de cerveja: a esquina. Muito não se fala sobre ela, mas as esquinas cariocas sempre têm um bar...
A incrível geração de pré e pós parties Nem só de balada e festas vive o ser humano. Existem as pré e pós parties, que é quando as festas realmente começam e realmente terminam.

Compartilhe: