Vinho Branco vs Vinho Tinto

“Um post falando sobre um assunto polêmico e que muitos se perguntam: Qual a diferença entre vinho branco e vinho tinto. Nosso especialista responde para vocês.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (30 votes, average: 9.23 out of 10)
Loading...

Deste o antigo inicio a priori dos primórdios dos tempos que começavam, esta pergunta invariavelmente cai na roda de discussão entre enófilos iniciantes. Já com a certeza que nada poderei fazer para lhes ajudar, aqui vai um conselho: Um vinho branco bom é melhor que um vinho tinto ruim, assim como um vinho branco ruim é pior que um bom vinho tinto.

Mas para que não fiquemos por isso, proponho um tira-teima, meus caros. Que tragam os avatares e vamos à luta.

E começa a batalha entre os vinhos branco e tinto

Taças de Vinho Branco e Vinho Tinto

Laaaaadiiiiessss and Gentlemaaaaaannn, Gilrssss annnd booooyyssss, in the right coooorrnerrrr! Vestindo calções brancos com listras esverdeadas, lá está ele com sua cara de azedo, 34 cm de altura (garrafa renana), pesando uns 800g o viiiiiiiiiinhooooo Braaaaancooooooooo!!!!! In the left corner… wearing calções vermelho bordeux, com seu nariz empinado e barriginha mais saliente, 29 cm de altura (borgonhesa), pesando uns 800g, o viiiiiiiiiiiinhooooooo tiiiiiiiintooooooooooooo!!!!!!

O vinho branco tem seus aromas mais facilmente identificados, ponto pra ele, acompanha mais partes duma refeição que o vinho tinto ( ahhh! pois é!), entretanto os aromas do vinho tinto são mais complexos evidentemente, o que não é de todo uma má característica. Empate. 1 x 1.

O vinho branco acompanha mais partes duma refeição que o vinho tinto (ahhh! pois é!), aperitivos, entradas, sopas, além dos pratos principais, enquanto vinho tinto acompanha pratos principais. Queijos caem mais para os tintos, embora também haja participação do branco e sobremesas variam bastante, mas é mais branco que tinto quando se fala de vinhos de sobremesa. 2 x 1.

Taça de Vinho Branco

O vinho branco combina mais facilmente com o calor e temperaturas altas, por estarmos no Brasil, é ponto pra ele! 3 x 1.

Das uvas vinificadas existem as tintureiras (tinto), brancas, e as tintas não tintureiras (branco e tinto), empate nas vinhas. 4 x 2.

O vinho tinto é mais produzido mundialmente, responsável por 65% da produção. É o placar é 4 x 3.

O vinho tinto tem tempos de guarda muito superiores ao vinho branco na maior parte dos casos. Ponto pra ele. 4 x 4.

E o voto da galera?

Taça de Vinho Tinto

E o voto da platéia vai paraaaaaa!!! Vinho tinto! Cerca de 70% dos consumidores de vinho preferem o tinto ao branco. EEEEHH! Vitória do vinho tintooooooooo!!! 5 x 4 é o placar final.

PS: o autor desde post mantém-se declaradamente imparcial em relação ao resultado, de forma nenhuma influenciado pelo seu gosto pessoal, que recai sobre os tintos *tom ligeiramente irônico*, estando imune a qualquer eventualidade relacionada ao resultado deste evento. Ai está, meus caros, a inegável verdade, factual.

Brincadeiras a parte…

Deixando a brincadeira um pouco de lado, não existem regras concretas para definir qual vinho para cada ocasião se não gosto pessoal. Assim prega duas das maiores escolas hoteleiras européias, às quais se baseiam a gastronomia ocidental. Estas eram a inglesa e a alemã. Entretanto foi a francesa e suíça que estabeleceram regras que facilitam o enquadramento dos vinhos e pratos, fazendo sua harmonização. É dela que vem o famoso “branco para peixe, tinto para carne”.

A harmonização de pratos e bebidas é um dos mais variáveis desafios de um sommellier profissional, entretanto existem pontos que, salvo raras exceções, são contrariados.

Taça de Vinho e mulher de lingerie

O seu objetivo é vencer o seguinte desafio. Grande parte dos sabores que sentimos vem do olfacto e não propriamente do paladar, mas tanto um quanto outro ficam saturados depois de sentir o mesmo aroma intensamente e ininterruptamente durante algum tempo, portanto o gosto que sentimos ao inicio de uma refeição não é mesmo que sentimos ao seu final. Quem nunca teve o desprazer de comer um bolo acompanhado de um café adoçado, se comes o bolo parece que bebes café sem açúcar, se bebes o café, o bolo já parece não ter açúcar. Com a comida passasse o mesmo, temos potencializar o aroma e paladar tanto do vinho quanto do prato, aí temos uma boa harmonização. Por norma podemos seguir a seguinte lista e fica mais fácil não haver enganos.

Algumas dicas para o vinho acompanhar as refeições

Mesa com alimentos e garrafas de vinho

Para entradas, sopas, mariscos e peixes leves, sobremesas e queijos frescos, fique pelo branco, e com alguma experiência saberás distinguir quando utilizar um chardonnay, um vinho de sauterne, um espumante bruto, ou doce, um vinho verde, e por ai vai.

Para peixes assados, estufados, caldeiradas, dobradinhas, carnes grelhadas, assadas e de caça, fique pelo tinto, entretanto terá de saber diferenciar quando utilizar um jovem, ou aquele de guarda há tantos anos sem desperdiçá-lo.

Com frutas, café, e saladas não sirva vinho, a não ser que vinagre também conte.

Para massas e carnes frias, tanto faz um ou outro depende do prato, mas é comum vermos ou um tinto jovem, ou um branco amadeirado.

Para pratos confeccionados com algum tipo de vinho, seja uma chanfana ou numa sobremesa, deixe para servir a mesma bebida que usaste na confecção do prato.

E não beba demais para ficar bem com aquele digestivo no final da refeição.

E para vossa consideração… Meu tio deixou o carro vermelho passar, mas ai vinho branco. Esta piada não vale nada, mas fica 5 x 5 no placar final.

Grande abraço a todos.

Você também gostará desses

Degustação de vinhos. A prática o levará a perfeiç... Nosso sommelier inicia brilhantemente seus posts no PDB, citando a principal arte, a degustação de um bom vinho. Todos seus passos, etc.
Amor é cerveja, sexo é tequila. O que é o amor e sexo pra você? Veja a diferença entre as bebidas, quais que têm mais a ver com o amor e quais que têm mais a ver com o sexo. Qual voc...
Tipos de Mulheres e suas bebidas Um toque feminino no PdB com nossa Loira dando dicas para os homens saberem mais sobre as mulheres e suas bebidas, e conquista-las de acordo com a beb...
Quentão de alemão Morar no exterior é uma experiência cheia de provações. E a bebida Feuerzangenbowle, composta de vinho rum e açúcar. Confira!
Vinhos. Noções de Base I Ávido mostra para vocês os primeiros passos para se degustar um vinho de alta qualidade. Mostra a divisão de "autoridades" da área dos vinhos.
O que beber nas festas de fim de ano Confira algumas opções sobre qual bebida comprar para beber nessa época de final de ano, no Natal e Reveillon. Várias opções nacionais de vinhos e esp...

Compartilhe:

  • arrg odeio vinho

  • Nicholas

    Essa coluna meus caros está muito bem escrita, concordo com todos os detalhes e bem humorado comentários.

    Creio que não conhecem meu irmão Luciano Moreira da Silva, é o "cara" que mas entende de vinhos que conheço apesar de ser o único que eu conheço.Mas sem choramelas o pouco q conheço é tudo sincera verdade.

    Apreciem com moderação…

    Bom trabalho irmão continue assim.

    "O Ministério da Saúde adverte: beber uma taça de vinho faz bem a saúde"

    Então compre também com meu irmão vários vinhos, safras e gosto para você.

    Muito obrigado por me escutarem "puxando saco" um pouco

    Até mas ver…

  • Para mim o vinho tinto ganha também. E se misturar com cachaça e leite condensado dá enredo!

    Belo post!

    • Essa experiencia de leite constitui novidade. Pega mesmo?

  • Prefiro vinho branco e seco…

    Mas não dispenso um tinto suave.. depende da situação, sempre!

    Curti o post.

  • Ávido

    É que nem o Maradona e o Biro-biro… não dá pra saber qual é melhor ….

  • johnny

    AHn. madonna e birobiro???Acho que bebeu demais e nem sabe mais a diferença hein Ronaldão, huahahuahauahua

  • Alf

    Vinho "suave" é vinho com açúcar. Coisa de "pedreiro" =p

    Antes de ontem, tomei um Santa Carolina Reserva de uvas Carmenere, maravilhoso! Recomendo.

  • Prezados,

    Acredito que cada vinho tem seu espaço, depende da ocasião!

    Por exemplo, um vinho branco gelado (não congelado) à beira do mar…Excelente!!

    Abraços e Parabéns pelo Blog

    Rubén Duarte

  • É Rubén. Concordo contigo nessa parte.

    Mas no caso da praia, prefiro uma cerveja 😀

    E num jantar, um vinho cai muito bem. Principalmente se estiver acompanhado 😉

  • Ávido

    Vinho doce tem seus amantes… mas não são feitos com adição de açucar… mas com uvas cultivadas de modo a terem grande percentual e açucar… normalmente da casta semillion, ficam podres antes de serem vinificadas…. e chateau d´yquen foi um dos mais caros vinhos que já bebi… e é doce igual porto….

    • Marli

      Me convida!!!!!!!

  • Branco

    Branco seco, cor de palha, novinho. Com aromas de maracujá, abacaxi, pessego e damasco. Muito gelado!

    Semillon blanc da africa do sul e chile

    Pinot grigio (so da Italia e franca)

    muito gelado.

    Muito bom!

    tinto, por melhor que seja, mais que um golinho ja da dor de cabeça.

  • Élida Nice

    Tbm prefiro vinho tinto, amo vinho!!! Mas recentemente ganhei de uma prima um vinho branco chamado: Jurupinga, nossa!!! que delícia. Pena que só vende dele em São Paulo é ñ é em todo estado ñ. Parabéns ao post.

    Abraços.

  • Ramses

    Tinto, com ctz!
    de preferência Pinot com uva Sheha! 😉 DEMAIS!