Vorus Vodka: Uma experiência necessária

“Conheça a vodka nacional chama Vorus, do grupo Vinícula Salton, grande conhecido por seus vinhos e espumantes. Uma vodka boa e bem honesta. Confira!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (24 votes, average: 6.17 out of 10)
Loading...

Cruzamos olhares algumas vezes no mercado, mas, levado pelo nome, popularidade e referências, eu sempre optei por outras marcas em relação a Vorus.

A rejeição também levava em conta a justa fama das vodkas nacionais mais disponíveis nas prateleiras dos mercados.

Aquelas que em tempos de crise são as opções que o bolso da maioria dos bebedores alcança, e que boa parte de nós, em algum momento da vida, já caímos dentro.

Vorus, a vodka escolhida

Vodka Vorus

Mea culpa à parte, essa semana eu escolhi a Vorus. Vodka nacional que pertence ao grupo Salton, famoso por suas linhas de vinho e espumantes.

O tom do texto até aqui adianta que a Vorus é uma grata surpresa; vodka nacional que deve ser levada a sério.

Vorus e seu design

Particularmente eu acho uma bobeira avaliar o design de uma garrafa de vodka. Acredito que na vodka, assim como no amor, as aparências enganam.

De cara a Vorus nos surpreende com uma pureza honesta e aroma neutro, sem o cheiro de álcool excessivamente forte, que é característica marcante das vodkas nacionais mais populares.

Portanto, antes de colocar a “aguinha” pra dentro você já percebe que existe uma proposta ali.

Aroma e sabor

Em termos de aroma e sabor, ela passa limpa, marcando a influência do estilo americano na sua fabricação. Na entrada, a Vorus inflama as impressões para a ponta da língua e segue, bem acabada, com uma sensação de dormência na boca, o que confirma a existência de uma proposta de degustação digna de uma boa vodka, pensada para produzir prazer ao beber e não somente o puro e simples embriagamento.

É uma pena que o impacto de entrada seja curto e que intensidade na boca seja tímida.

A potência da Vorus no paladar some rápido, o que torna o momento de degustação, embora válido, um pouco frustrante (O “barato” dura pouco).

A Vorus marca uma leve presença no paladar por um gosto alcalino na saída da boca, o que pode tornar o processo de contemplação dessa grata surpresa enjoativo para alguns bebedores, e também pode influenciar no sabor se você for pensa-la compondo alguns drink doces.

A Vorus surge em um momento do mercado em que se observa o surgimento de propostas de vodkas nacionais sérias.

Com pouca idade, como uma criança prodígio, ela traz uma experiência surpreendente, e é possível notar um bom potencial a ser explorado pelo grupo Salton.

Finalizando

Se você, assim como eu, tem certo trauma das vodkas nacionais com nomes russos caricatos, experimentar a Vorus é um exercício necessário para desfazer a ideia de que não existe vodka boa produzida no Brasil.

Você também gostará desses

Vodka Sobieski Conheça a Sobieski, uma vodka polonesa de altíssima qualidade e que possui um preço bem acessível. Custa em média R$50 e sua versão Super Premium R$13...
Degustação vodka Wyborowa Veja um review e Conheça mais sobre a deliciosa e polonesa vodka Wyborowa. Com um preço acima das marcas tradicionais, mas que vale muito a pena.
Manekineko: Harmonização de drinks e comida japone... Aprenda a harmonizar drinks e comida japonesa. Nessa nossa experiência nós usamos Frozen, caipirinha, com Shimeji, Chips, Lula, dentre outros aperitiv...

Tags:

Compartilhe:

  • Carlos Eduardo Santos Filho

    Tomei dessa vodka numa festa open e gostei muito do sabor, quando fui procurar no supermercado eu li o rótulo e percebi que as outras vodkas tinham na composição filtrado de destilado de cereais (alguma coisa assim) e essa não, só alcool etilico potavel e água mineral. Alguém poderia me dizer se ela não é fabricada a partir de cereais ou se a marca só omitiu do rótulo?

  • Hugo Mindelis

    Olá, se trata de apenas mais uma “vodka” ou nesse caso mais um alcool de cereal, (lembrando que as materias primas variam durante o ano, milho, sorgo, soja, arroz, não espere trigo ok? Alcool de cereal é desses sereais aí!!!!! o tipo de alcool é desses mesmo utilizados em laboratórios, compra-se o alcool de alguma usina, dilui em agua e fazem um processo de redestilação em colunas de alcool, por isso a “bebida” se é que poderiamos chamar de bebida é neutra, para que o gosto horrivel e cheiro insuportavel de alcool sumam após passar por inumeros filtros de carvao ativado, em outras palavras é um entorpecente liscito e não uma bebida, não ha o que degustar ou esperar por sensações. Grandes nomes de “vodkas” ruins se beneficiam com o marketing de NEUTRA, afinal não é necessario muito esforsso pra transformar um alcool de cereal NEUTRO em algo mais neutro ainda. Em resposta à mafia da vodka NEUTRA, cresce o numero de craft distillery ou micro distilleries no mundo, com propostas de trazer à tona as inumeras possibilidades que a vodka pode ter enquanto singularidade e qualidade. Vale pesquisar, procure marcas que se dedicam a produzir vodka com singularidade e qualidade, esses dias ouvi dizer sobre um projeto de uma micro destilaria de MG, vão produzir uma vodka ultra premium, acho que o nome é ludica, ou coisa do tipo. abraços.