Wunder Bier: A maravilhosa cerveja da Oktoberfest

Entrada da cervejaria Wunder Bier

Há míseros dias para a Oktoberfest visitei a fábrica da Wunder Bier em Blumenau, uma das marcas que serão comercializadas nos 18 dias de folia no Parque Vila Germânica. Está será a 28° edição da festa que já bateu o recorde na sétima edição de 774.672 litros de chope para 959.998 foliões. Isto significa 0,8 L por pessoa. Para este ano é esperado um consumo de 600 mil litros de chope. Haja caneco e mictório.

Vamos ao que interessa, cerveja…

Visitei a Wunder Bier num dia ensolarado (até que enfim, depois de tanta chuva!) e… Surpresa! Sou blumenauense, porém não conhecia o local. A fábrica da Wunder é atrás de uma casa enxaimel (arquitetura alemã) que funciona como bar. A primeira vista, já gostei!

Panela de Brassagem da cerveja Wunder Bier

Na fábrica, a área é de 15 x 40 m com capacidade para 500 mil litros de chope. O começo de tudo é na Panela de Brassagem em que o malte é cozinhado. Após, há a fermentação e, mais tarde, o chope é colocado em um estacionário que mantém a cerveja em torno de 0°C. A cerveja vai para o barril que fica em câmara fria. “De preferência, o chope armazenado no barril deve ser consumido em cinco dias, caso contrário o chope começa a encorpar.”, é o que diz André Rodolfo da Silva que trabalha na Wunder há um ano.

Tempo para ficar pronto e quais tipos de chope são produzidos:

Estacionários da cervejaria Wunder Bier

O chope leva cerca de 15 dias até atingir maturação – isto é – ficar pronto para consumo. Na Wunder são produzidos:

  • Pilsen (Larger) – O chope Pilsen vem da República Tcheca porém, nesta cervejaria o Pilsen se aproxima do Helles Larger, cerveja alemã mais leve com menos fermentação.
  • Schwarzbier, uma cerveja escura.
  • Hefeweinzen – que é a cerveja de trigo pouco fermentada.
  • Chope de Vinho – Este une as duas paixões (vinho e chope, dãã!) e, do ponto de vista cervejeiro, é bastante simples de se fazer. É uma mistura de vinho dentro de um barril de chope.

A cervejaria atende casas noturnas de Blumenau e outras cidades do Vale do Itajaí como: Rio do Sul, Camboriú, Jaraguá do Sul e Ituporanga. “Se fôssemos atender outras partes do Brasil, poderemos comprometer a qualidade do nosso produto. A logística teria de ser diferente”, garante Fábio Steinbach , Mestre Cervejeiro da Wunder Bier e professor do Curso de Mestre Cervejeiro na Uniasselvi de Blumenau.

Caldeiras e estacionários para fermentação da cervejaria Wunder

Portanto, esta maravilhosa cerveja só no Vale do Itajaí mesmo…

História das cervejas Wunder Bier

Um post meio ao contrário, vou finalizá-lo pelo início. A Wunder tem mais Oktoberfest do que anos de história no currículo. Seu lançamento foi na Oktober de 2007. Neste ano irá somar quatro anos de história na quinta Oktoberfest.

A festa inicia neste dia 6 e termina no dia 23 de outubro. Ainda dá tempo de visitar e conseguir hospedagem “popular” nos classificados do site da própria Oktober.

Ein Prosit!

Você também gostará desses

Qual petisco combina com cerveja? Todo mundo concorda que petisco combina com cerveja, certo? Mas qual deles combina melhor com uma cerveja específica? Veja agora!!
Review cerveja: Heineken 1L Review de uma cerveja clássica e bastante consumida em todos os países. Fugindo um pouco das cervejas artesanais, Dr. Beer dá sua opinião sobre a Pils...
Review cerveja: Koninck Gusto 1833 Blond Review da cerveja Koninck Gusto 1833 Blond, da Bélgica no estilo Belgian Strong Ale. Excelente formação de colarinho e reduzida longevidade. Gosto fru...
Review cerveja: Petra Bock Review dessa bock brasileira. Faz um papel razoável no quesito das cervejas Bocks, mas seu preço não vale muito a pena, podendo se achar outras bem me...
Review cerveja: Urthel Parlus Magnificum Review da cerveja Urthel Parlus Magnificum, ótima cerveja holandesa no melhor estilo Belgian Dubbel. Doçura moderada no início do gole, fraco e rápido...
Review cerveja: Fullers London Porter Um review dessa belíssima cerveja porter com um gosto apurado de café, com um corpo longo e com forte amargor. É a inglesa Fullers London Porter.