ABV – Alcohol by volume – O que é isso?

Essa semana tive uma leve argumentação com a galera aqui no QG, e surgiu uma dúvida, de como é que é medida a graduação alcóolica das bebidas. E como o meu papel, é não deixar nenhuma dúvida sem explicação, que tal um papo de bar, para esclarecer o assunto?

Densidade e Volume

Hidrometro medindo graduação alcoolica de cerveja

É assim que se mede?

Então, mãos à obra! Todo líquido, é medido em volume, e na nossa escala, baseado em centímetros cúbicos (cm³) ou mililitros (podemos dizer que é mesma coisa).

Outra variável importante a ser levada em consideração, é a densidade do líquido em questão. A densidade, é representada matematicamente dividindo a sua massa em peso, pelo seu volume.

Sabemos que a água em condições normais de temperatura e pressão, tem a densidade 1, o que quer dizer que 1 litro dela, equivale a 1 Quilo em peso. Quando temos uma densidade menor do que 1, podemos dizer que 1 litro dela tem menos de 1 Quilo. E quando maior que 1, o contrário se aplica.

Álcool

Urso morrendo de bêbado

Da álcool pra mim!!!

Créditos: Irawan Subingar

Para facilitar a maneira de classificar a graduação alcóolica das bebidas, foi adotada uma maneira de expressar a quantidade de álcool, sem depender da densidade do líquido em questão, baseando-se no volume do líquido.

Com o álcool sendo medido em relação ao volume da substância, e não no peso. Dito isso, podemos dizer que uma bebida que tem 5% de ABV, tem 5 mL de álcool para cada 100mL da bebida.

Curiosidade Cervejeira

Gastando o lápis em cálculos matemáticos

A essa hora, não sei mais fazer contas

Créditos: Roy B.a

Tá McLovin, mas então como o pessoal faz para medir a graduação alcóolica de uma cerveja?

Se você é um leitor ávido do Papo de Bar, você já leu sobre isso aqui, mas mesmo assim, não me custa dar um outro enfoque.

Sabemos que para a fabrição da cerveja, adicionamos leveduras que consomem os açucares da mistura e o transformam em álcool, e também sabemos que a densidade da água é diferente da do álcool. Então, como resolvemos esse problema?

Simples, a fórmula para o cálculo é a seguinte:

ABV = [((1,05 * (Gravidade Inicial (Starting Specific Gravity ou Starting SG) – Gravidade Final (Final Specific Gravity ou Final SG))) / Gravidade Final] / (0,79 * 100)

Onde 1,05 é o número de gramas de álcool produzido para cada grama de CO2 produzido e 0,79 é a densidade do álcool.

Finalizando

muitas latas de cerveja

Agora sim!

Créditos: Dani Parra

Prontinho nobres, honrados e insaciáveis leitores da minha coluna. Agora vocês podem falar com propriedade sobre quanto álcool vocês consomem, quando desfrutam de sua bebida favorita.

Aliás, qual a sua bebida favorita?

Você também gostará desses

La fiesta! Uma festa que apresenta diversos drinks, muitos até então desconhecidos/não degustados.
Mitos sobre os efeitos do álcool Todos aqueles mitos, dos mais simples aos que viraram dito popular, mostrados se sao verdadeiros ou não, explicados por Porris Yeltsin.
Bistrô Estação R&R: Bar do Complexo do Alemão... Conheça o Bistrô Estação R&R, um bar do Complexo do Alemão, na Nova Brasília, uma das favelas que compõem o complexo.
Cerverbaria: Cervejas com textos inéditos em seus ... O Cerverbaria é m projeto inovador que apresenta diversos textos novos, escritos por diferentes autores brasileiros, nos rótulos de cervejas de qualid...
Cerveja vs. Chopp Nosso Mestre responde uma pergunta bem polêmica e que sempre é feita numa mesa de bar. Geralmente por iniciantes, logicamente. Post curto, dando essa ...
8 Cervejas que você poderia deixar de beber Você se preocupa tanto com o que você bebe, quanto o que você come? Se sim, essas são cervejas que você poderia deixar de beber.