Como é medido o teor alcoólico da cerveja?

Acredito que essa seja uma pergunta que muitos devem se fazer. É um processo que os cervejeiros fazem usando e comparando o peso específico da cerveja antes e depois da fermentação, numa fase específica que explicarei mais abaixo. Não é algo tão simples, claro, mas nenhum bicho de 7 cabeças.

Não vá pensando que é só colocar um álcool etílico dentro da sua mistura que você consegue medir e chegar no ponto certo da cerveja. Nada disso.

Pesos, ingredientes, medidas e hidrômetros

Material para fabricação de cervejaCréditos: Paul

O peso específico é uma medida de densidade de um líquido em relação à densidade da água. A densidade da água é de 1 kg/l, então se o peso específico de um líquido é de 1,06, um litro desse líquido pesará 1,06 kg.

A fase específica de produção da cerveja onde ocorre esse cálculo de graduação alcoólica é, mais especificamente, na Recirculação e clarificação do Mosto, que é o líquido que formará a cerveja, e na fermentação da cerveja, onde será medido o teor comparando os valores. O peso dele sempre será maior do que da água por causa dos açúcares dissovidos nele, como vimos na regra acima.

Você tem que medir a densidade do mosto, ela será a OG (Original Gravity, ou seja, Densidade original) da cerveja que está sendo produzida. E de repente você deve estar se perguntando:

Mas o que eu faço com esse número?

Hidrômetro num copo de cervejaCréditos: Paul

Ele não serve pra nada… Ok, mentira, momento de descontração, ele vai servir pra calcular o teor alcoólico da cerveja, comparado com a FG (Final Gravity, ou seja, Densidade final) da cerveja.

A bendita glicose…

Todos sabemos que a cerveja possui um tipo de açúcar, que é a glicose (C6H12O6 – números chatos não?), que será o principal açúcar a ser convertido em álcool \o/. Dentro dessas fases e transformações ocorrem muitas reações na levedura, que acabam convertendo cada molécula de glicose em duas moléculas de álcool etílico (CH3CH2OH) e duas moléculas de dióxido de carbono (CO2).

Da forma chata, química, código e coisas mais que só seu professor no colégio sabe seria isso:

C6H12O6 => 2(CH3CH2OH) + 2(CO2)

Grãos para produção de cerveja

Grãos para produção de cerveja

Créditos: pdtnc

Nessas horas você pode dar uma colinha na tabela periódica (mas seguinte, não é aquela tabela periódica etílica não, ok?). Olhando na tabela você consegue saber quais são os pesos moleculares dessas duas moléculas. Mas o tio Mestre Cervejeiro passa pra você, tá bom? Mas não acostume com isso. O peso molecular do álcool etílico é de 46,0688 e o peso molecular do dióxido de carbono é de 44,0098. Você precisará desses números para calcular a quantidade de álcool da cerveja.

Existem muitas explicações químicas, chatas e complexas de se entender. Glicose se dividindo em duas moléculas de álcool etílico e mais duas de dióxido de carbono, entre outras coisas e pesos pra cada. Resumindo essa parte seria que para cada grama de CO2 que evapora, cerca de 1,05 g de álcool etílico é produzido.

Tabela de percentual alcoólico por OG e FG

Consegui pegar uma tabela com o resultado da graduação alcoólica final pegando os valores da OG e FG, segue abaixo, clique para ver em tamanho maior.

Tabela com percentual OG e FG

Clique na imagem para ampliar

Lembrando que será na fermentação que você pegará por volta de 230ml e vai medir a FG (Final Gravity ou Densidade Final) e a OG (Original Gravity ou Densidade Original). A diferença entre eles que mostrará o valor do teor alcoólico de acordo com a tabela que passei mais acima.

Cada estilo de cerveja no seu lugar

E claro, cada estilo de cerveja entra num patamar de percentual alcoólico. Uma cerveja do estilo Stout não vai ter, por exemplo, 10% de graduação alcoólica, ela possui entre 4% a 5%. Mas é claro, isso também varia de qual sub-estilo Stout ela possa estar, pois existem cervejas stouts com mais de 10%, é o caso das Russian Imperial Stouts.

Barril de cerveja estilo stoutCréditos: Nate Hudson

Colocamos aqui no Papo de Bar um documento bem interessante, um guia, para você se basear e fazer sua própria cerveja com valores ideais de graduação alcoólica para ela. Esse guia dos estilos de cerveja mostra bastante coisa como a aparência, aroma, história de um estilo de cerveja, além de exemplos de marcas vendidas, e claro, os valores de OG e FG, além do percentual alcoólico. O único problema é que está em inglês.

Baixe o guia de estilo de cerveja aqui.

Finalizando

O interessante é que temos um teor alcoólico por massa também e existem diferenças. Por exemplo, no Colorado você tem uma cerveja com 3.2% de álcool por massa, mas que convertido para álcool por volume, fica com 4%. É uma certa diferença, quase 1%, mas também não chega a tanto.

O que acharam? Possuem algum ponto adicional? Abraços e um brinde.

Você também gostará desses

O glamour de uma cerveja! Lançaram na Bélgica uma cerveja que leva ouro de 24 quilates em sua composição. É a Golden Queen Bee, a cerveja de ouro, literalmente. Custará por vol...
Fim da bebedeira – Como evitar os seus males... O fim da bebedeira! Nele você comete as piores e mais engraçadas loucuras da sua vida. Mas parece que Las Vegas tem a solução! Confira o Hangover Heav...
Oscar 2013 e a cerveja Veja alguns filmes dessa premiação do Oscar 2013 que tinham alguma coisa a ver com cerveja. Desde o filme do divertido urso Ted até o Django, de Taran...
Mas por que ficamos bêbados? Viemos para lhes surpreender. Por que ficamos bêbados? Os efeitos do álcool no corpo e na mente, os estágios da embriaguez e muito mais, só no Papo de...
Garrafa de cerveja com mais de 100 anos Jon Krause, um mergulhador amador, encontrou uma garrafa de cerveja com mais de 100 anos no fundo do mar, no porto de Halifax, no Canadá.
Heineken The Entrance: A campanha que deu certo No finalzinho de dezembro a Heineken estreou na sua Fan Page um comercial exclusivo para seus fãs, onde já mostrava qual seria sua grande campanha par...