As confidências do bar

Já contei aqui outras vezes sobre alguns aspectos que valorizo nos bares. O que nunca contei foi algo sobre a vida ébria e que considero muito mais profundo e importante, que é capaz de nos fazer mudar de vida – ou pelo menos ter mais clareza sobre ela – quando se está dividindo uma boa cerveja: as confidências.

Bares, um ótimo lugar para beber e conversar

Brinde de amigos no bar

Créditos: LuckyImages

Acho que uma das coisas que mais gosto de fazer na vida é conversar. E como a Hebe já morreu, sobra para os amigos no bar a responsabilidade de dividirem comigo esses momentos – RISOS. Piadinhas infames a parte (muito embora meus amigos precisem aturar isso de mim também) as confidências de um bar podem ser transformadoras. Talvez seja o que mais me motive a abrir uma cerveja e dividi-la com alguém.

Muitas vezes essas conversas não acontecem propriamente no bar, podem ser no sofá de casa mesmo, mas tem o mesmo sentido.

Não sei ao certo se é a idade chegando, a busca incessante por algum tipo de propósito, o mistério da vida, ou a vontade de ter novas descobertas, compartilhar sentimentos, buscar orientações, a ideia de criar uma empresa, receber conselhos ou ter um momento de atenção. Sei que a bebedeira pela bebedeira, aos poucos, vai perdendo o de sentido pra mim.

Mas também não existe só as confidências do bar

Hoje se eu sento na mesa do bar, prefiro sentar com aqueles que tem algo a me oferecer e que eu possa retribuir também. Algo de pensamento, de segredo, de novas ideias. O prazer da boa cerveja se multiplica quando se confrontam pontos de vistas ou abrem-se os corações. O sentido de se estar no bar dividindo parte do nosso tempo com quem está disposto a compartilhar contigo coisas que são suas passa a se completar quando as confidências são trocadas. Confidências que talvez morram ali mesmo, na mesa, ou que leva-se para a vida como aprendizados…

GOOOL!!!!

GOOOL!!!!

Créditos: LuckyImages

Às vezes, pode até não fazer o sentido algum. Ás vezes essa minha conversa aqui pode estar parecendo papo de bêbado. Mas atire a primeira pedra quem nunca varou a madrugada discutindo ideais, religião, questões existenciais, amor, a solução para o mundo com uma nova proposta política e um novo sistema econômico. Ou melhor, não atire pedra nenhuma. Se você não fez isso, vá abrir uma cerveja e chame um amigo. E depois abram mais uma, e mais uma. E só parem quando tiverem encontrado alguma questão boa o suficiente pra te deixar intrigado a ponto de serem necessárias outra e outra rodada eu dias posteriores para resolvê-la.

Tudo bem, eu sei que isso de fato parece conversa de bêbado, apesar de eu estar escrevendo este texto completamente sóbria. Talvez seja efeito das minhas horas-aula de bar muito bem feitas que me fazem pensar sobre isso, mesmo que absolutamente sã. Mas, tentem isso em casa um dia, crianças. Ou no bar. É possível descobrir outros prazeres da boa cerveja que estão além do sabor, da apreciação ou do porre.

Ah.. como eu gosto de discutir sobre as confidências do bar!

Você também gostará desses

Mentiras que falamos no bar Quem aqui nunca mentiu? Sim, todos nós, seja uma mentira branca ou uma mais bizarra. E no bar? Veja as mentiras que falamos no bar mais ditas e repeti...
Sobre a “bebida secreta” para mulheres... Bares nos EUA, Africa do Sul e Reino Unido estão com um atitude interessante com um drink chamado Angel Shot, para proteger mulheres de encontros. Con...
Aquela noite incrível de todo final de semana Veja um clássico episódio de uma noite incrível que acontece em praticamente todo final de semana. Bebedeira, banheiro, flerte, ressaca, dentre outros...
O Grinch do Carnaval do Rio? Não é todo carioca que gosta de carnaval. Veja um ponto de vista sobre o carnaval de alguém que não gosta, mas de um ponto muito interessante e válido...
Namore alguém que… Com quem você acha que deve namorar? Veja algumas dicas etílicas e descubra o segredo do eterno "namore alguém que". E claro, esse alguém deve beber ;...
Tirinhas: Sexo Virtual Quem nunca bateu um lero atrevido nos MSNs da vida? Essa vai pra você que já bulinou uma menina virtualmente ou até conseguiu um "sexo" via web. Cuida...