vamos beber uma cerveja

Cerveja de boteco, não é artesanal

“Os amados botecos, existem aos montes por aí e o que você bebe lá, é diferente do que querem que você beba. Fato é que: Cerveja de boteco não é artesanal.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (1 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

O título desse artigo resume exatamente o que virá nas próximas linhas. Estamos num momento especial do mercado cervejeiro, onde surgem novas cervejas e fabricantes a cada dia e todos podem experimentar diversos e variados tipos da bebida. Mas isso não dá direito a fazer cara feia para aquela pessoa que prefere se manter fiel a uma marca que consumiu a vida inteira. Por isso, entendam: Cerveja de boteco não é artesanal!

Brahma

cerveja de boteco Brahma

É a clássica cerveja de boteco! Quem bebe Brahma, é chamado de Brahmeiro e tem orgulho disso. A pessoa escolheu aquela cerveja e é feliz bebendo ela. São anos e mais anos de Brahma sendo servida naquele boteco favorito que tem inúmeras histórias para contar. A Brahma faz parte desses momentos e se faz importante na vida daquela pessoa. E não são poucas.

Skol

cerveja de boteco Skol

A Skol teve seu boom no Brasil quando investiu em propaganda há alguns anos atrás. Todos diziam: Vamos tomar aquela Skol gelada? Era sinônimo de cerveja e não há nada de errado nisso. Na época as propagandas nem eram politicamente corretas e usavam mulheres de biquíni como chamariz, mas funcionava e conquistou muitos fãs, sendo a cerveja mais vendida do país. É para poucos.

Antárctica

Garrafas da cerveja Antarctica

A Antarctica sempre esteve entre a Brahma e a Skol. Uns acham melhor e outros pior, mas a marca dos pinguins é sempre encontrada com facilidade nas prateleiras do mercado e com um preço que cabe no bolso. Além disso, ficou ainda mais famosa por patrocinar e fazer renascer o Carnaval mais famoso do país, no Rio de Janeiro, em parceria que já dura muitos anos e é um sucesso!

Essas são as principais marcas. Tenho 35 anos e desde que sou criança, vejo nos bares e restaurantes essas três gigantes sendo ofertadas e consumidas com prazer por todos.

Outras

garrafas da cerveja itaipava

Fora tantas outras, essas três marcas são as que o brasileiro consome de verdade, pensando em nível nacional. Existem marcas regionais que fazem sucesso somente naquela região específica, como a Polar no Sul.

A crise está brava para todos e até quem adora aquela cerveja artesanal, quando vai comprar para um churrasco, compra umas delas. Hoje existem opções, como a Heineken ou Stella, por exemplo, que são pouco mais caras, mas ainda rivalizam em preço e por serem consideradas “melhores”, acabam conquistando sua parcela no mercado.

A Itaipava também tem sua fatia de mercado e aparece com um preço mais barato, mas também compete bem.

Finalizando

O fato é que ninguém deve olhar de cara feia para aquele amigo, ou um desconhecido qualquer que seja, que bebe Skol e está feliz com isso. No boteco nosso de cada dia a cerveja artesanal não tem vez e o gosto é dele, quem bebe é ele, o dinheiro sai do bolso dele e ninguém tem nada a ver com isso.

Consumir essas marcas acima citadas é considerado “feio” para uma galera, e isso é muito chato. Nem minha cerveja eu posso escolher em paz? Como já dizia Lulu Santos: Deixe que digam, que pensem, que falem. Deixe isso para lá, vem para cá o que tem? E cada um beba a cerveja que quiser beber, sem mimimi, por favor.

Aquele abraço!

* Adoro cervejas artesanais, mas bebo todas as cervejas disponíveis. Não sou de chegar numa festa e reclamar da cerveja que está sendo servida, nem de fazer cara feia para quem está feliz com cervejas que levam milho na receita. E muitas vezes compro a marca mais barata do mercado.

Você também gostará desses

Garrafas com música da Beck’s New Zealand Veja uma grande ideia da cerveja Beck’s New Zealand, que lançou umas garrafas com música, que tocam músicas de verdade por causa de uma tecnologia ino...
Heineken Wobo, uma garrafa tijolo Conheça a Heineken Wobo, um conceito de garrafa que simula um tijolo, ajudando na construção civil. A ideia foi lançada por um dos sócios na década de...
16 Momentos para beber Veja 16 momentos ideias para beber uma cerveja, whisky, vinho, qualquer bebida com seus amigos. Conhece mais outro? Nos fale agora!
Mas afinal o que é Design Thinking? Você sabe o que é Design Thinking? É um processo que leva em consideração o ser humano, criando soluções mais desejáveis e mais adequadas com o que qu...
5 cervejas puro malte que você deveria provar Semana passada falamos de quais cervejas você poderia deixar de beber. Essa semana pra compensar temos 5 cervejas puro malte que você deveria experime...
Beber é cool! Beber é cool. Você concorda com isso? Com a chegadas das redes sociais isso ficou mais evidente. Muitos compartilhando seus momentos etílicos.

Compartilhe: