ELA: Coletivo cervejeiro feminino

E aí, nobres cervejeiros e cervejeiras. Vira e mexe nós postamos aqui no PdB que o público feminino está cada vez mais forte no mercado cervejeiro. O ELA, coletivo cervejeiro feminino é a prova disso.

Nós mesmos aqui do PdB abrimos muito mais espaço para as mulheres fãs de cerveja, tanto a Dona Cervejeira, Senhorita Cerevisae e a Etanólica são provas disso.

Com essa ideia surgiu o ELA

meninas do ELA

Exatamente, um grupo de amigas resolveu criar o coletivo para enaltecer e alavancar ainda mais o esforço e trabalho que as mulheres estão fazendo no mercado. E isso inclui o machismo presente nas propagandas, dentre outros.

Pra mostrar o resultado desse trabalho elas vão lançar no Booze Bar, na Lapa, às 19h, uma cerveja homônima. Será lançada nessa quinta, dia 25 de agosto.

E qual o estilo da cerveja da ELA?

Foi aí que elas ousaram ainda mais, criaram uma American Barley Wine, uma variação do estilo Barley Wine, que eu gosto bastante. É bem mais amargo, pra mostrar que as mulheres também curtem cervejas que não sejam suaves, doces.

É uma porrada líquida com 10% de graduação alcoólica e que tem maltes torrados (gosto muito) e lúpulos americanos (entendeu o American?) tanto de aroma quanto de amargor.

Verba para ajudar as mulheres

garrafa ELA

O mais maneiro é que o lucro da venda da cerveja será para ajudar entidades que ajudam mulheres vítimas de violência.

Aline Smaniotto Tiene, gerente comercial e de marketing da Cervejaria Dádiva e uma das idealizadoras do projeto, disse o seguinte:

“Essa história de peito e bunda na cerveja já deu, né? Estamos no mundo da cerveja tanto quanto eles, trabalhamos tanto quanto eles e precisamos de respeito.”

Tudo isso devido ao machismo que envolve as propagandas de cerveja, que sempre vinculam mulheres seminuas em suas propagandas.

O coletivo ELA é formado por professoras, especialistas, empresárias, dentre outros ramos, mostrando que elas metem a mão na massa com muita qualidade.

E elas mesmas que meteram a mão na massa, quer dizer, no malte. Todo o trabalho sujo, toda a parte trabalhosa foram realizadas por elas mesmas.

E parabéns para a Cervejaria Dádiva, que cedeu o espaço e os equipamentos para elas realizarem esse sonho e iniciativa.

Finalizando

No mês que vem o lançamento será em Curitiba, no dia 3 de setembro, às 15h, na Cervejaria Masmorra. Também teremos lançamento em Porto Alegre, no dia 6, às 18h, na Penz Bier.

Acho bem foda essa iniciativa e acho que deve ser levado também para o nordeste, onde as mulheres sofrem bastante com essa estereotipagem.

O que acharam?

Vimos com a galera do Saideira.

Você também gostará desses

Petiscos dignos de um boteco Uma lista com ótimos petiscos para se comer durante uma cervejinha em qualquer boteco: frango à passarinho, batata frita, calabresa acebolada, carne s...
Desperados: Tequila na cerveja Conheça a cerveja Desperados, uma cerveja feita com tequila. Existente na França desde 1995 e já está presente em 50 países. Entrou no Brasil no mês d...
Sim, o bar acolhe! Um texto falando sobre o livro Bar Doce Lar, uma autobiografia de J.R. Moheringer, que conta fala um pouco sobre o bar Publicans, na época que era cri...
A cerveja e seus tipos Um bate papo sobre os tipos de cerveja: Ale e Lager. Suas diferenças, tipos de produção e estilos dentro de cada tipo de cerveja, como as pilsens, sto...
A diferença na qualidade da cerveja em diferentes ... Uma visão geral sobre a qualidade da cerveja em diferentes lugares do Brasil e a mudança da qualidade com o passar do tempo das cervejas nacionais.
Faça sua própria cerveja Você gosta de fazer a sua própria cerveja? Conheça o mini-kit caseiro da Coopers. Qualidade e diversão garantidas!