Garrafa tocando música

Garrafas com música da Beck’s New Zealand

“Veja uma grande ideia da cerveja Beck’s New Zealand, que lançou umas garrafas com música, que tocam músicas de verdade por causa de uma tecnologia inovadora. Está em experimento e só existem duas.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (No Ratings Yet)
Loading...

Sim, caro padawan, você leu certo! A agência neozelandesa Shine Limited criou para a Beck’s New Zealand, em parceria com a Gyro Constructivists, uma garrafa capaz de armazenar música. Isso mesmo, garrafas com música. A ideia foi baseada em uma invenção do século 19.

Garrafas com música? Senta que lá vem História

Garrafa tocando música

Beck’s Edison Bottle

Créditos: Shine Limited

Thomas Edison inventou, em 1877, um aparelho sagaz chamado cilindro fonográfico. Foi o primeiro aparelho que conseguiu gravar e reproduzir som com sucesso. Esse cilindro era usado no fonógrafo, também inventado por Thomas. Para gravar o som, uma agulha riscava um cilindro feito com folhas de estanho (depois essas folhas foram substituídas por metal ou cera). Quando a agulha percorria novamente os sulcos que ela fez, era possível ouvir o som gravado. Só dava para ouvir a gravação no máximo umas 4 vezes, o cilindro não durava muito, mas foi um belo avanço para o surgimento de outros aparelhos, como o gramofone e o disco de vinil.

Dizem que essa foi a primeira gravação que Thomas Edison fez no cilindro:

http://www.youtube.com/watch?v=PgE7i8k8YRw

Tá, agora volta para o século 21

Moléculas de som da garrafa da música

Detalhe dos sulcos

Créditos: Shine Limited

Com isso em mente, os caras pensaram

Por que não trazer esse princípio do cilindro fonográfico para uma garrafa?

Aí surgiram as garrafas com música, Beck’s Edison Bottle

Os caras da Gyro Constructivists tiveram que projetar e construir uma máquina especialmente voltada para gravar os sulcos na garrafa da Beck’s, além de um software só para isso. Também construíram um fonógrafo mais moderno, para conseguir “tocar” a garrafa.

Os caras da Gyro Constructivists tiveram que projetar e construir uma máquina especialmente voltada para gravar os sulcos na garrafa da Beck’s, além de um software só para isso. Também construíram um fonógrafo mais moderno, para conseguir “tocar” a garrafa.

 

Garrafa da música gravando a música

Gravando a música

Créditos:  Shine Limited

A música gravada na garrafa foi “Here She Comes”, da banda Ghost Wave. O resultado ficou bem bacana, como vocês podem conferir abaixo:

Finalizando

Não é para ficar tão animado, você não irá achar a Beck’s Edison Bottle para comprar. Só foram produzidas 2 garrafas com música e há apenas 1 tocador, mas quem sabe um dia sua garrafa de cerveja vire mais do que um objeto de decoração!

Fontes: Shine Limited,  Tecmundo e Infoescola

Você também gostará desses

5 cervejas puro malte que você deveria provar Semana passada falamos de quais cervejas você poderia deixar de beber. Essa semana pra compensar temos 5 cervejas puro malte que você deveria experime...
5 Cervejas pra beber nas festas de fim de ano Natal e Réveillon chegando e as dúvidas sobre o que beber também chegam. Confira agora 5 Cervejas pra beber nas festas de fim de ano. Todas preços óti...
Top 10 cervejas pela Equipe do PdB, as melhores ce... Veja quais são as melhores cervejas do mundo no Top 10 cervejas artesanais que o Papo de Bar criou com a sua equipe de especialistas. E qual o seu Top...
6 lindas garrafas de cerveja Cerveja de qualidade não é somente ter uma cerveja deliciosa, mas também ter uma garrafa e rótulo de qualidade, bem produzido e que seja belo. Confira...
Como a cerveja chegou às terras tupiniquins. Um TC... Veja o quinto capítulo de um TCC sobre copos de cerveja. Nesse artigo é falado sobre a chegada da cerveja ao Brasil através dos portugueses, surgiment...
Adriática, uma cerveja para desbravadores Adriática é uma cerveja para desbravadores, uma cerveja de presença e que não precisa de voz, pois as pessoas já fazem isso por ela.

Compartilhe: