Hambúrguer caseiro: veja formas deliciosas de preparar o seu

“Veja a história de um dos pratos mais adorados e consumidos hoje em dia: o hambúrguer. Veja histórias, ótimas receitas e harmonizações com algumas cervejas. Aprenda a preparar o melhor hambúrguer.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (13 votes, average: 8.62 out of 10)
Loading...

Fala meus carnívoros, como foi essa ultima semana? Tudo certo, né? Aqui foi legal também, chefe de férias sabe como que é né? Queria que vocês soubessem que eu fico ansioso pra semana passar logo pra eu fazer mais uma receita pra vocês. Hoje vamos falar de um prato que eu amo de paixão, vamos falar de hambúrguer caseiro, só que vamos falar de tudo: sobre a melhor carne, os estilos de hambúrgueres, tudo mesmo, vamos lá?

Um pouco da historia desse delicioso pecado.

Hambúrguer com batata frita

Créditos: Du Tropia

O hambúrguer como conhecemos hoje é descendente direto de uma necessidade: conservar a carne. Muito antigamente, quando ninguém sonhava com fast food, picar e temperar era um jeito de manter a carne em ordem para suportar longas distâncias em viagens, por exemplo. Por volta dos séculos XVI e XVII essas técnicas começaram a ganhar contornos mais parecidos com os que conhecemos hoje, mas o sanduíche de hambúrguer, produto da culinária germano-
americana, é um pouco mais novo.

O Hambúrguer e seus nomes

No livro A História do Sabor, organizado por Paul Freedman (Ed. Senac), no século XIX, quando a América recebia seus novos colonizadores, os navegadores que partiam da cidade alemã de Hamburgo traziam a tradicional receita que recebeu o nome de hamburg style steak (bife ao estilo hamburguês).

Hambúrguer cru prestes a ser colocado pra fritar

Créditos: Carol Jardim

Mais tarde se tornando apenas Hambúrguer, os autores anotam que o primeiro cardápio a exibir o chamado “bife de hambúrguer” foi o do restaurante Del Monico’s, em 1836 nos Estados Unidos. E era um dos pratos mais caros da casa.

Os famosos Fastfoods

Um salto na linha do tempo nos leva ao século XX, quando surgiram as primeiras redes de lanchonetes de hambúrguer, depois imitadas por quase todo mundo. Desde o sistema White Castle, estabelecido em 1964, até a revolução das empresas alimentícias Burger King e Mc Donald’s, o sanduíche de hambúrguer consolidou-se como uma invenção americana.

Os mandamentos do hambúrguer

Veja alguns mandamentos importantes para o hambúrguer:

Como dar liga à carne

Hambúrguer de Picanha

Créditos: pancapi

O hambúrguer suculento e macio não incorpora ovo, farinha ou outro produto. Só carne.

O segredo é usar uma peça fresca e de boa procedência. Seja picanha ou acém, o importante é confiar no fornecedor.

Tipos de carnes para o hambúrguer

A fraldinha, uma carne muito vermelha com bastante sangue e quantidade de gordura razoável para equilibrar o sabor no cozimento. Mas a quem prefira outros tipos de cortes como a maminha, a alcatra, a picanha ou até mesmo o acém.

Dica do Butcher: Mais uma vez o que vale é a qualidade da carne, o frescor e a procedência.

Temperos no hambúrguer

Hamburguer caseiro

Créditos: Cezar Reigada

Cebola, salsinha, alho e pimentas variadas são ingredientes que muitas pessoas gostam de somar à carne moída.

Dica do Butcher: no entanto, acredito que é suficiente usar apenas sal e, se for do gosto, uma pitada de pimenta-do-reino. A orientação geral é colocar o tempero sobre o hambúrguer só na hora de chapear, grelhar ou fritar. Temperar antes pode desidratar a carne. Ok?

Tamanho do hambúrguer

Hambúrguer gigantesco

Não vamos exagerar também né?

Créditos: Vincent Lin

O tamanho do hambúrguer vai da preferência, mas ele interfere na textura, na suculência e, óbvio, na aparência do lanche. Um disco muito fino pode ficar duro e cozido além da conta. Um bom hambúrguer tem de 160 gramas a 250 gramas, com altura de aproximadamente 1,5 centímetros e diâmetro de 10 centímetros. Numa frigideira caseira o ideal é apostar em uma porção de 160 gramas, mas fique a seu critério.

O ponto do hambúrguer

Hambúrguer sendo frito

Créditos: Ko Ko

Quando a carne passa do ponto ela perde em sabor e textura. A sugestão para que o produto não mantenha a umidade é chapear, grelhar ou fritar em no máximo 10 minutos, cinco para cada lado do disco. Um dos piores resultados ao “esquecer” a peça no fogo é deixá-la com gosto de carne cozida.

Pão de hambúrguer

Ciabata ou pão italiano combinados a uma boa mussarela de búfala, um suculento tomate e algumas folhas de rúcula formam uma saborosa combinação. Mas se a idéia é apostar no tradicional, o pão estilo americano redondo e fofo, e que tem mais milho na receita, oferece um sabor mais adocicado que casa direitinho com a carne e o queijo.

Também é importante que o pão esteja fresco e quente. A dica é passá-lo na chapa para tostar a superfície que ficará em contato com a carne. Como o centro da carne (principalmente as mal passadas) solta umidade depois do preparo, é indicado deixar que ela descanse antes de colocar no pão. Isso evita que ele fique molhado e desmanche na mão na hora de comer.

Acompanhamento pro hambúrguer

Hambúrguer com cebola e champignon

Coisa mais deliciosa do mundo!

Créditos: Gabriel Schneider Lellis Vieira

Desempenha um bom papel os legumes grelhados ou em conserva, como pepino ou chucrute e batatas em todas as suas variações (fritas, salteadas ou assadas).  Eles podem vir dentro ou fora do lanche. Além é claro, do queijo. Vale qualquer tipo, só que o excesso pode mascarar o sabor da carne.

Receitas clássicas de hambúrgueres

Vamos lá galera, aqui temos algumas receitas de hambúrgueres:

Hambúrguer Americano

  • 200 gramas de fraldinha moída
  • 2 fatias de queijo cheddar
  • 2 fatias de bacon bem crocante
  • alfaces crespas
  • cebolas abafadas com molho inglês
  • tomate caqui
  • pão tradicional com gergelim

Cervejas pra combinar: Bamberg Rauchbier

Esta cerveja possui coloração vermelho escura, creme denso de média duração e aromas de malte torrado, café e notas de defumação. Esse defumado deve-se à tradição de secar e defumar o malte em madeiras, processo característico da região de Bamberg, Alemanha.

Hambúrguer Brasileiro

Hambúrguer brasileiro

Créditos: Dicas SP

  • 200 gramas de fraldinha moída
  • 2 fatias de queijo coalho
  • 1 ovo frito
  • folhas de alface
  • tomate
  • maionese caseira
  • pão tradicional de hambúrguer

Cerveja para combinar: Mistura Clássica Pilsen

A Pilsen é clara e de baixa fermentação. Leve e refrescante, com aroma suave de lúpulo e pouco amargor, é também caracterizada como uma cerveja seca, propriedade das grandes Pilsens.

Hambúrguer Francês

  • 200 gramas de fraldinha moída
  • 2 fatias de queijo brie
  • folhas de agrião
  • molho bernaise
  • pão francês.

Cerveja para combinar: Bamberg München

A cerveja Bamberg München possui coloração marrom-avermelhada, aromas de malte e lúpulo e creme consistente de boa duração. Seu sabor é marcado pelo lúpulo e pelo caramelo proveniente do malte. Como a maioria das cervejas da Bamberg, é produzida segundo a Reinheitsgebot, Lei de Pureza da Baviera.

Hambúrguer Mexicano

Hambúrguer mexicano

Cadê a tequila?

Créditos: Abir choudhury

  • 200 gramas de fraldinha moída
  • 2 colheres de chá de creme de queijo
  • alface americana
  • pão de milho

Cerveja para combinar: Triple XB

A batemans XXB possui cor castanha-avermelhada, creme de média duração, aromas de malte e lúpulo. Ganhou 5x o prêmio CAMRA, de melhor ale inglesa.

Hambúrguer é com a galera do Ogrostronomia

Ogroburguer

E sem esquecer nosso amigos do Ogrostronomia que fazem um super evento pra divulgar suas receitas e principalmente o Ogroburguer, que é muito bom. Aconselho a todos que puderem ir no evento e aproveitar esse exagero de sabor!

Finalizando

E ai meus carnívoros o quê vocês acharam das receitas e das harmonizações de hoje? Curta, comente e compartilhe. Queremos saber sua opinião. E fiquem ligados pois eu farei harmonizações diárias de cervejas pelo meu twitter @PedroPontoG e pelo twitter do PdB @papodebar_. Sigam e acompanhe.

Bom por essa semana é só, mas não se esqueça que todo dia tem artigos novos aqui na sua revista eletrônica Papo de Bar.

Obrigado e até semana que vem.

Você também gostará desses

Bohemia lança linha de mostardas cervejeiras Uma parceria entre a Bohemia e a Brewer Chef resultou nas deliciosas mostardas cervejeiras nos seguintes sabores: witbier, pale ale e stout.
Hambúrguer de Jack Daniels Aprenda a preparar o delicioso Hambúrguer de Jack Daniels, um sagaz sanduíche que leva o whisky Jack Daniel's nos ingredientes do preparo dessa delíci...
Hambúrguer de pastel do Bar do Adão O Bar do Adão, famoso estabelecimento que possui deliciosos pastéis, lançou um hambúrguer de pastel, onde o pão é trocado por massa de pastel. Confira...
Filé com conhaque e cerveja Veja a receita, os ingredientes e como preparar um filé com conhaque e cerveja, um delicioso prato etílico que dá pra fazer bem rápido e facilmente. C...
Conheça o Filé Oswaldo Aranha Conheça o prato mais carioca de todos, o Filé Oswaldo Aranha, que é uma homenagem ao diplomata, que sempre pedia o mesmo prato no restaurante Cosmopol...
Receita de Carne Assada Veja a receita para a preparação de uma bela Carne Assada feita na cerveja preta. Uma receita bem simples e fácil de se fazer, usando mostarda, cebola...

Compartilhe:

  • Gosto de ver quando os sites dão créditos para os blogueiros quando a foto é deles. 🙂 Aí dá gosto de ser replicada, ainda mais pelo Papo de Bar, que vive no meu RSS reader. Obrigada pela menção, folks.
    bjs
    Carol Jardim
    (www.raizdegengibre.com)

    • Fala Carol, tudo bom? É o mínimo que podemos fazer 🙂 Fazendo um bom trabalho e sem uzura que nós conseguimos um bom retorno, principalmente com esse seu comentário 🙂

      Parabéns pelas fotos 😉 Beijos

    • Obrigado Carol, Nós do Papo de Bar ficamos muito felizes pelo seu comentário, ainda mas eu, sendo um amante da boa culinária, espero que goste das receitas e as façam.
      obrigado The Butcher.

  • fernanda

    Nossa…babei uns três litros…

    • Pare de babar e vamos cozinhar!!!=]]]

      • fernanda

        Adoro cozinhar, mas acho que esse fim de semana fico só por conta de comer e babar, ainda mais depois de descobrir que Bacardi é lindo. Que coisa perfumada! Tem cheiro de maçã…Estou IN LOVE, e a little bit drunk…Bacardi te amo…cerveja te amo tbm sem esquecer a tequila…Tbm amo o Butcher…rsrsr…