A importância das pessoas que não bebem

“O mundo das bebidas também é feito com pessoas que não bebem. Essas pessoas têm seu papel, sua grande importância no mundo etílico.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (1 votes, average: 9.00 out of 10)
Loading...

Nós, amantes das bebidas alcoólicas, geralmente temos um pouco de preconceito das pessoas que não bebem. Pensei um pouco sobre isso e descobri que um erro feio e não podemos julgar assim, do nada, nossos amigos não etílicos.

Pessoas que não bebem têm seus motivos

Assim como nós temos motivos para beber, eles também têm. Seja por não gostar das bebidas (que absurdo 😛 ), algum trauma de infância (vide ressaca monstruosa), algo de família, enfim, sei lá, qualquer coisa pessoal, qualquer motivo.

Mas isso não pode fazer com que nós evitemos a galera que não bebe, por favor, muito pelo contrário. Existe até um meme que diz:

Frase: Eu não confio em pessoas que não bebem

Acho engraçado e até entendo esse ponto de vista, porém, acho errado as pessoas que enchem a cara pensarem dessa forma. As pessoas que não bebem são iradas, possuem energia, uma vibe sagaz. Todas as pessoas podem ser assim.

Tudo é energia

A grande parada não é nem beber, e sim ter uma vibe boa, divertida, se relacionando bem com as outras pessoas, sorrindo, falando merda, zoando pra caralho, dançando, etc. E nós sabemos que nem todo mundo que bebe tem uma vibe boa e tende a piorar quando fica completamente bêbado, enchendo o saco dos outros, às vezes até agredindo. Então não adianta falar que as pessoas que não bebem não possuem uma vibe boa, pois qualquer um pode não ter.

Fora que muitos bebem porque não conseguem se soltar, fazer coisas sóbrios, são tímidos, não têm coragem, dentre outros motivos, portanto, usam a bebida para “libertarem esse lado fodasse” deles. A bebida seria algo para embarcar num vórtex, numa dimensão que não existe no mundo real, só no mundo dos bêbados, algo profundo que termina naquela provável ressaca filha da puta do dia seguinte, seja lá onde acordarmos.

Mas como que funciona com as pessoas que não bebem?

não quero beber

Sei lá, eu bebo. Mas essa galera que tem a vibe sagaz e não bebe possui esse privilégio fodástico, de estar nesse ~vórtex~ sem gastar um puto com bebidas alcoólicas, com isso, gastando muito menos do que nós, loucos alucinados que necessitamos de cerveja, tequila, vodka, cachaça pra cacete, etc, em quantidades astronômicas.

As pessoas que não bebem também podem ser o motorista da rodada, portanto, cuidado ao falar mal delas, pois salvam vidas dirigindo sem beber. Elas também estarão sóbrias para te tirar daquela mulher/homem feia(o) que você, alucinadamente bêbado, vai tentar flertar, pois estará tão bêbado que nem perceberá que a pessoa é feia(o) pra cacete. E também te ajudará na hora que você vai tentar arrumar uma confusão sem nenhum motivo, pois tem bêbado que é assim, sem controle e com qualquer bobeira já arruma confusão.

Essa galera tem um algo a mais que nós, bebedores de cachaça, não temos com facilidade: zoar careta. É importante conviver com eles, pois eles sempre têm algo a mais pra te mostrar, uma visão que geralmente não temos. Já vi muita gente que não bebe não aturar os que bebem, mas isso varia bastante, é de cada um. Talvez porque ficamos chato quando bebemos. Deveríamos fazer um teste, ter uma câmera estilo Big Brother nos filmando durante a bebedeira pra ver as merda que nós fazemos, assim nós vamos entender bem esse pessoal que não atura os bebedores.

Se combinar direitinho todo mundo…

brinde com cerveja e leite

…se dá bem. Simples assim. Não vamos ter preconceitos, não vamos olhar torto para as pessoas que não bebem quando chegar perto do bar. E você, nobre pessoa que não bebe, pode ir pro bar também. Lá pode existir drinks sem álcool, refrigerante, mate, suco, sei lá, qualquer coisa ~bebível~. O bar é o melhor local para se relacionar com outras pessoas. Claro que não estou falando de sexo, estou falando de se relacionar, bater papo, ouvir histórias.

E não venha com essa de que pessoas que não bebem não têm histórias, elas podem estar presentes com um monte de gente que não bebe, assim ela dá um up nessa parte. E não, nós não fazemos amigos bebendo leite, essa parte é pura verdade.

Finalizando

Você não bebe? Estou falando muita merda nesse artigo? Vamos debater sobre, quis abrir essa brecha pra exatamente isso, comentarmos sobre isso. Você bebe e não concorda com porra nenhuma que está escrito aqui? Manda brasa também. Se identificou? Show de bola. Mande pro seu amigo que não bebe, vamos ver se ele vai concordar.

Aquele abraço.

Você também gostará desses

Todo carnaval tem seu fim. Ou não… O carnaval é uma festa épica. Muita cerveja, muita festa, muita diversão, tudo que uma vida sagaz precisa. Mas por que não podemos viver a vida como u...
ENEB – o ENEM dos bares O ENEB, Exame Nacional da Experiência nos Bares, são algumas questões que devem ser respondidas para que o relacionamento nos bares seja sempre bom....
Arte Moderna e cerveja: uma crítica diferente! Veja uma uma crítica diferente sobre o tema Arte Moderna e cerveja. Design de algumas latas pela visão do renomado Milton Glasser e Afonso Tresdê. Con...
Parece que, aparentemente… Aparentemente é uma palavra espetacular, que serve para várias coisas e situações de um bêbado e seus amigos. Tanto ela como "caralho", "parece que",...
Não me leve a mal: Hoje é Carnaval!!! Hoje é carnaval, então vamos aproveitar, beber, sair com os amigos na rua, aproveitar o maior evento de rua do mundo, sorrir, brincar e brindar nesse ...

Compartilhe: