Jacuzzi particular

Jacuzzis e uma banheira pra seis pessoas, por favor!

“Conheça a história de um casal que estava atrás de uma jacuzzi para sua casa, mas acabou parando num motel cheio de jacuzzis e pessoas dentro. Confira essa história etílica e engraçada!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (6 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Alguns sabem, outros esqueceram (até porque eu ando super sumida do PdB) e outros nem faziam ideia, mas vou ressaltar mais uma vez. Eu moro em Salt Lake City, a cidade mórmon dos Estados Unidos. Cidade conservadora, mas não é nada assim assustador, existem jacuzzis por lá. Levemente conservadora a ponto de pararem de vender bebida alcoólica quando bate 1 da manhã e também fecharem aos domingos. Como eu disse anteriormente… LEVEMENTE conservadora.

Eu quero uma Jacuzzi, por favor…

Jacuzzi particular

Créditos: HotelesconJacuzzi.es

Eu e meu marido estávamos pesquisando preços de jacuzzis. Sim, moramos em casa, temos um jardim e queríamos uma jacuzzi pro nosso jardim. Durante muito tempo pesquisamos algo que fosse bom e barato, mas como (quase) tudo que é bom é caro, nossa pesquisa foi (e continua sendo) muito longa.

Um belo dia, quando estávamos dirigindo por uma das avenidas principais da cidade eis que avisto uma loja com uma jacuzzi gigantesca do lado de fora. Na hora gritei pro meu marido:

  • – Olha! Do outro lado da rua! É uma loja de jacuzzi.
  • – Sério? São 7 da noite. Duvido que estejam abertos.
  • – Tá dizendo lá “open”.
  • – Estranho, mas vambora!

Vale lembrar que tudo fecha cedo aqui. Lojas de rua principalmente.

Chegando no estacionamento, parei pra ler o nome da loja pra confirmar que estávamos no lugar certo: “Piscinas, Jacuzzis e Banheiras”. Ótimo. Estamos certos… Vamos entrar. E como não estaríamos no lugar certo? Tinha uma mega master plus uber jacuzzi do lado de fora então só poderia ser um loja muito incrível de jacuzzis, ora pois pois.

Eis que…

Abrimos a porta e logo veio um cheiro terrível de mofo e o lugar era escuro. Tinha uma outra master jacuzzi na entrada principal da loja, então continuei segura de que estava no lugar certo.

Imediatamente veio um senhor de unhas e cabelos compridos nos atender.

  • – Boa noite, casal.
  • – Hum… Boa noite. Tudo bem?
  • – Tudo ótimo. Estão querendo uma jacuzzi?
  • – Sim – respondemos com um sorriso no rosto
  • – Maravilha. Sigam-me.

O cara foi andando na frente e nós o seguimos. Entramos num corredor muito comprido e cheio de portas. Cada porta tinha um número. Achei aquilo meio fora do padrão de uma loja de piscinas e jacuzzis, mas sei lá, né? Vai entender…

Ele parou de frente pra porta número 4 e disse:

  • – No momento só temos banheira pra duas pessoas.

E eu meio triste, respondi:

Urso pulando na jacuzzi

Geral na Jacuzzi, foda-se!

Créditos: Olga Gladysheva

  • – Ah não. Eu queria pra no mínimo seis pessoas. Qual a graça de uma jacuzzi onde cabem apenas eu e meu marido? Quero meus amigos na jacuzzi também.

O cara achou normal e me lançou um sorriso safadinho. Confesso que não entendi, mas continuei falando.

  • – E como vou fazer quando minha família vier? Quero que meu pai aproveite a jacuzzi também.

O cara achou estranho e franziu o rosto:

  • – Hum… Seu pai?
  • – É. Por que?
  • – Nada.

Meu marido estava com um ar de desconfiança e eu não entendi o porquê.

  • – Preciso falar com você – meu marido sussurrou no meu ouvido
  • – Peraí. Vamos ver o que mais ele tem aí – interrompi
  • – Então… Que mais? – perguntei pro mocinho esquisito

Ele pediu que a gente abrisse a porta 4.

  • – Então, essa é jacuzzi pra duas pessoas que eu estava falando. No momento só temos essa disponível. As outras… estão OCUPADAS.

Escrevi em letras gigantes, porque foi assim que a palavra “ocupadas” ecoou na minha cabeça: em alto e bom som.

Mulheres nuas numa jacuzzi

Vem cá sua linda!

Créditos: Ivax Smoke

  • – Er… Como assim? – perguntei meio sem jeito
  • – Ah, que pena, né? Deixa pra lá então. Outro dia a gente volta – meu marido me interrompeu com um certo tom áspero na voz.
  • – Sem problemas. Se vierem mais cedo, podemos colocar vocês e seus amigos no quarto 7. Lá tem espaço pra bastante gente. Temos serviço de bar também, se quiserem. Temos variados canais de filmes EXÓTICOS – o moço estranho respondeu
  • – Ah… – Comecei a entender do que se tratava.

Meu marido me pegou pela mão e me puxou com força pra fora da loja, quer dizer… do motel de jacuzzis.

Finalizando

Nunca na vida pensei que fosse ver um motel de jacuzzi. E assim… No meio da avenida principal da cidade mais conservadora que conheço. Disfarçaram muito bem, seus mórmons safadinhos! E eu continuo sem a minha jacuzzi… Mas, pelo menos agora eu já sei onde posso ir quando quiser filar uma tarde na banheira com os amigos. Hum… Acho que não vai rolar…

Você também gostará desses

Tirinha: Procurar emprego? Que nada Uma tirinha sobre empregos em homenagem ao início do BBB 2010 e todos que acompanham esse programa tosco.
E numa tarde em Lisboa… Depois de um dia de trabalho colocando pilares de ferro na calçada, portugueses olham pro resultado percebem o grande trabalho realizado...
Tirinha: Cachorro Etílico Animais de estimação são sempre legais né? Principalmente os cachorros. E nada como batiza-los com nomes de bebidas alcoólicas. Veja alguns.
Skol – Argentinos “abrasileirados” A cerveja Skol mais uma vez mandando bem com suas sacadas originais e iradas nas propagandas. Agora zoando com os argentinos, que ficam "abrasileirado...
O prazer de estar aqui – Setembro de 2015 Veja o que de melhor rolou aqui no Papo de Bar no mês de setembro de 2015.
Mussum: Deus é testemunha que eu queria leite. Bot... Uma singela homenagem do Papo de Bar ao eterno comediante Mussum. Fã assumido da cachaça, brincalhão, usava seu humor irônico, escrachado e politicame...

Compartilhe:

  • Curti essa parada ae, principalmente se tiver cinco mulheres e eu 😛

  • Interessante de se fazer para ganhar dinheiro..