Galera bebendo no Salar de Uyuni

Mochilão pelo mundo, pegando a mochila e saindo por aí

“Todo mundo precisa fazer um mochilão na vida. Seja sozinho, em casal ou com os amigos. Contamos aqui nossa experiência pela América do Sul. Confira!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (3 votes, average: 9.67 out of 10)
Loading...

Pegar a mochila, botar nas costas e sair por aí é algo fodástico. Um mochilão pelo mundo, seja no seu próprio estado, país, continente ou foda-se, pelo mundo inteiro, onde quiser.

Todos precisam de um mochilão

bolacha do PdB e bandeiras do mundo inteiro no mochilão

#PdBAroundTheWorld

Pelo menos uma vez na vida, seja sozinho, para aproveitar sua própria vibe, se conhecer melhor ou para não se aborrecer com outras pessoas.

Mas claro, também com os amigos, aqueles que você conhece há anos ou talvez aquelas pessoas que você não terá a mínima ideia de como será a experiência.

O mochilão é uma surpresa que geralmente tende a ser agradável. Pelo menos a maioria das vezes.

Mochilão em casal, é possível?

Mas é claro que é possível, e por que não seria? Aliás, deve ser algo bem sagaz, caso você já tenha feito isso, conte para nós nos comentários.

Acredito que os dois precisam ser bem tranquilos para encarar essa experiência, além, claro, de ser um casal sem frescura. Afinal, mochilão raramente tem luxo, é perrengue pacaralho em vários momentos e em diferentes ocasiões.

Quanto tempo um mochilão deve durar?

carro 4x4 com montanha ao fundo e lagoa vermelha no mochilão

O máximo que você conseguir! Em 2008 eu fiz um mochilão sozinho do Rio de Janeiro até a Salvador que durou somente 10 dias. Teve um outro que fiz com o The Butcher e o Sonâmbulo Etílico para a Copa América na Argentina em 2011. Esse durou um pouco mais de 10 dias, mas eu continuei sozinho por Porto Alegre. Talvez eu comente sobre ele no futuro.

Esse meu último mochilão durou 15 e passou por três países diferentes.

A Dona Cervejeira fez um em junho por vários locais da Espanha e que durou 30 dias.

Portanto, que se foda, vai no que der e o que você conseguir.

O mochilão te abraça…

bolacha do PdB e vinho no salar

Sim. Você passará vários perrengues em diversos formatos. Terá que aprender a enrolar uma língua nova. E claro, você vai rir, ficar puto, mandar nego tomar no cu só porque você é brasileiro e terá alguém de outro país junto contigo.

Os brasileiros

Ahhh esses malditos brasileiros. Estão em todo lugar , seja subindo para Machu Picchu ou cruzando o deserto de Sal, eles vão brotar da terra, de onde for.

Mas ainda sim o mochilão vale a pena

elian bebendo lata grande

Sim, vale muito a pena.

Falo brincando, claro. Brasileiros no caminho é quase sempre bom. Seja como um atendente no Hostel, como guia de um passeio turístico (nem sempre) ou em algum bar, pub ou boteco.

Não importa, o mochilão vai te abraçar de diversas forma, algo que vai entranhar dentro de ti e vai te fazer entrar no espírito, no clima, etc.

E não importa como…

sarah em cima da lata

Sai de cima daí, menina!

Não mesmo! Seja você vomitando, seja você ficar sem tomar banho em alguns momentos, porque cruzar um deserto requer sacrifícios.

Seja você criando um personagem (Alejo, te amo), seja dançando no balcão da boate, fazendo bunda lelê, que se foda.

Sim, o mochilão vai te seduzir e o tempo passará rápido. E como diria a música, “Tudo que é bom dura o tempo bastante pra se tornar inesquecível”.

E é exatamente isso. Já quero outros vários para todo tipo de lugar. Vejo o quanto bebi de vinho, cerveja e Pisco, quantas rodadas do jogo “Eu Nunca” eu bebi, quantas risadas eu dei, quantas merdas eu fiz, quantas meditações pratiquei, quantas fotos eu tirei, dentre outros.

É tanta parada que eu nem sei mais…

Finalizando

galera reunida no mochilão

Beijo pra vocês S2

Mochilão é isso. Esse artigo não é um manual, é só um fodasse que deu vontade de escrever após esse mochilão.

Agradeço aos meus amigos Gabrielle, Rodrigo e Sarah por aturarem minhas piadas estilo Zorra Total e Praça é Nossa. Obrigado aos amigos que fiz, aos tombos que tomei, paisagens que vi, entre outros.

Ah sim, claro. Talvez vocês devam estar se perguntando de que porra de mochilão é esse. Caso não tenha acompanhado pelo Facebook e Instagram, segue abaixo um roteiro do que fizemos.

Fomos até o Deserto do Atacama, depois peguei um 4×4 e fui para o Falar de Uyuni, na Bolívia. Depois fomos de ônibus até La Paz e depois Copacabana, aí fomos para Isla del Sol.

E por último partimos para Cusco, para irmos até Machu Picchu e bebermos muito Pisco. Mas claro, tiveram vários locais dentro desses vários.

Contarei tudo em artigos futuros, dando dicas, falando o que aconteceu e o que não fazer.

Beijo na alcatra.

Você também gostará desses

Viagens etílicas #EstiloPdB Conheça algumas opções etílicas pra se hospedar e se divertir na Europa. Um hotel onde as camas são dentro de barris, ofurôs que são cheio de cerveja ...
Fomos a Vegas, a cidade do pecado Era um sonho antigo e distante, mas com os acasos da vida, conseguimos ir juntos a Las Vegas, a cidade do pecado, curtir festas, jogos, cassinos, etc.

Compartilhe:

  • Ernesto De Santis

    Fala ai!!! Já fizemos mochilão em casal algumas vezes com a Laura. Volta à Ilha Grande (nosso grande amor), Norte de Argentina-San Pedro de Atacama-Uyuni-La Paz, Cusco y Machu Pichu por Salcantay….

    Durante metade da volta a ilha grande carregamos uma garrafa de bom vinho argentino para beber em Aventureiros… o vinho num lugar especial, com uma copanhia especial, tem um sabor muito melhor!

    Abraços y mais aventuras para todos!
    Ernesto.

    • Boa, Ernesto. Seja de que forma for, mochilão sempre será fodástico S2

  • Gabrielle Guimarães

    Fiz 3 meses de mochilão em casal. Dá, mas vocês vão quase terminar algumas vezes.

    No mais, obrigada migos, foi lindo <3

    • “vocês vão quase terminar algumas vezes” AUHAUHHUAHUAUHAUHUAUHUAUHAU

      Irado mochilar em casal e voltar solteiro S2