Os tipos de cerveja

No primeiro post, sim atrasado este, infelizmente, prometi falar sobre os tipos de cerveja. Tarefa difícil, existem muitos tipos de cerveja e existem ainda diferentes interpretações desses tipos. As cervejas podem ser separadas em dois grandes grupos, o grupo das Ale, de alta fermentação e o das Lagers de baixa fermentação.

As cervejas do tipo Ale

As cervejas tipo Ale são fermentadas com o fermento Saccharomyces Cerevisiae, e em temperaturas mais altas que as de tipo Lager, 20 graus, os fermentos costumam ficar em suspensão nos tanques de fermentação, dai o nome de alta fermentação, os gostos aromas são frutados e complexos, geralmente com toques de especiarias. Até 1400, quando surgiram as cervejas tipo Lager, todas as cervejas eram Ale. Existe ainda uma lenda que diz que a palavra Ale, signifique algum êxtase religioso, já que os padres eram os grandes produtores de cervejas na antiguidade.

As cervejas do tipo Lager

Já as cervejas do tipo Lager são fermentadas com o fermento Saccharomyces Carlsbergensis, e em uma temperatura mais baixa que as Ale, cerca de 10 graus, o aroma dessas cervejas é pouco ou nada frutado, pendendo mais para pão e sabores de cereais, nas Lagers escuras predominam os sabores de cereal torrado, bem parecido com café, quem já teve o prazer de degustar uma Guiness sabe que o sabor dela lembra um forte expresso sem doce. O nome Lager, em alemão significa armazém.

Dentro de cada um desses grupos temos diferentes tipos de cerveja, como mostro abaixo:

  1. Ale:
    • Cervejas de trigo, aquelas que começam o nome com Weiss, são feitas, na maioria das vezes, com 50% de malte de trigo e 50% de malte de cevada. Variam entre Weissenbier, as mais claras e mais leves às Weissenbock mais escuras e encorpadas.
    • Ale: que ainda pode ser dividida em alemã, belga e amber. São cervejas que variam entre o dourado e o cobre
    • Porter e Stout: que são as escuras, de sabor seco e tostado como a Guiness, uma Stout, aos sabores mais adocicados das Porters.
  2. Lagers:
    • Pilsen, as mais consumidas no Brasil, são mais leves e claras, e mais refrescantes também.
    • Dunkel, escuras, o nome significa escuro, em alemão.
    • Bock, cervejas escuras e avermelhadas, encorpadas, com teor alcoólico variando entre 6% e 9%.
    • Rauchbier, são cervejas defumadas, típicas da cidade de Bamberg, na Alemanha.

Boa parte dos nomes das cervejas, vem de cidades ou regiões da Europa, quase que exclusivamente das regiões anglo-saxões. Pilsen vem de uma cidade de mesmo nome na extinta Republica Tcheca Tchecoeslováquia [corrigido pelo Augusto, valeu!].

Enquanto procurava material e fontes de referência, voltei ao site da Eisenbahn, ótima fonte de referências e conhecimentos sobre cervejas, lá encontrei a imagem à baixo, que resume de forma simples tudo que poderia ser falado sobre cervejas e seus tipos.

Como uma imagem vale mais que mil palavras, ai vai ela:

Você também gostará desses

Guinness Storehouse Experience Conheça mais sobre um dos melhores pontos turísticos cervejeiros da Irlanda, quiçá do mundo, a magnífica Guinness Storehouse Experience.
Mitos Cervejeiros – Parte 1 Hoje em dia existem muitos mitos cervejeiros, clássico em toda categoria, tanto de bebidas, entre outros assuntos. Confira três dos principais mitos....
Então é Natal! E o que você fez??? Que tal dar de presente pro seu pai, mãe ou irmão, uma cerveja especial? Tá rolando uma promoção de 25% de desconto na compra de cervejas especiais no...
Boilermaker Boilermaker, uma bebida diferente, uma mistura de Uísque Bourbon ou Tequila ou Vodka. Um pouco sobre Carbomb Canadense, bebida favorita do Charles Buk...
Gelo de luxo Pra quem não sabe, gelo também é artigo de luxo! Não sei se vale a pena, mas com certeza é uma onda e tanta!
Prazer, meu nome é Gelbinsky Apresentando Lud Gelbinsky, nosso colaborador que é um craque dos fermentados.