Sobre cervejas e porres rápidos

Como muitos sabem, esse fim de semana que passou, me aventurei como fotógrafo numa inigualável empreitada ao camarote da Brahma na OktoberFest 2012, em Blumenau/SC.

Mas essa é uma história (ou estória, pois eu fiquei bem bêbado) para outro post.

Copos são culpados por bebermos rápido demais

Hoje quero falar de uma curiosidade científica relacionada àquela arte que nós somos mais que escolados. Já que falamos sobre os variados copos de cerveja existente, quero pegar nesse ponto.

É que você meu amigo, não é o culpado por beber rápido demais. Um estudo feito na Universidade de Bristol, no Reino Unido, acabou por descobrir que o fato de você entornar aquela tulipa rápido demais, está intimamente relacionado à curvatura do copo.

Como assim?

Copos reto e curvilíneo

A brincadeira era a seguinte:

  • Foram distribuídos numa sala, 160 jovens (metade homens, metade mulheres) que bebem socialmente¹
  • Foram oferecidos refrigerantes e cervejas (lager) em copos de 6 fl oz (177 mL) e 12 fl oz (354 mL) metade retos e metade curvos.

Colocaram as “crianças” para ver um filminho cool, e foram servindo as biritas aleatoriamente.

Como objetivo, estavam analisando de maneira computadorizada às percepções humanas da metade do copo, e quanto tempo eles levavam para finalizar o derradeiro líquido.

E qual foi o resultado?

Nos copos de 177 mL, não houve diferença, mas nos copos curvos de 354 mL, parece que os “malandrilsons” não conseguiram medir corretamente o ponto médio do copo.

E com isso, beberam consideravelmente mais rápidos do que nos copos retos. Acompanhe na figura:

Gráfico

Finalizando

Com isso, podemos assumir, que o copo, faz sim diferença na velocidade em que você bebe sua cerveja. Agora eu entendi porque os malditos copos de trigo me fazem beber cerveja tão rápido 🙂

Me digam nos comentários, vocês já haviam percebido isso?

¹ Socialmente foi considerado de 2,8L à 14,4L de cerveja para homens e 1,4L à 9,9L de cerveja para mulheres. Fonte

PS. Nunca, eu disse NUNCA escreva “ml”:

Originalmente, o único símbolo para o litro era o l minúsculo. No entanto, tanto na tipografia quanto na caligrafia, o “l” minúsculo pode ser muito parecido com o algarismo 1 ou com o “i” maiúsculo, o que pode causar confusão. Este problema foi e continua sendo contornado pelo uso do l em letra cursiva (?). A partir da década de 1970, começou-se a sugerir o uso do L maiúsculo, e atualmente vários organismos de padronização seguem essa recomendação, inclusive para os múltiplos e submúltiplos do litro

Fonte

Você também gostará desses

Bar Andante: Vende-se bicicleta com chopeira Beber umas no boteco é sempre bom, ainda mais quando o boteco tem rodas e pedais. É o Baumecker's Fahrende Kneipe, um bar que cabe 13 pessoas, que beb...
Cerveja: USBeer Apresentação de um gadget pra lá de interessante: um pen drive da budweiser que tem cerveja no interior do aparelho. Bem curioso. Confira!
Um pouco de cervejas, drinks e microprocessadores Uma das ações tecnológicas da empresa RoboFun Create foi misturar 44 latas de cerveja com uma placa Arduino. Sim, exatamente isso mesmo, cerveja com t...
BOx, um abridor de garrafas que avisa quando seus ... Um abridor de garrafas de cervejas que avisa aos amigos quando você vai beber e vice-versa. Uma boa ideia como essa, só podia vir de bons amigos
Viva la longneck Todos nós, bebedores, adoramos copos, principalmente quando são inovadores. E esse é um dos copos mais interessantes e diferentes que já vimos. Vale c...
Today’s Beer Conheça o Today’s Beer, um app mobile e gratuito que te indica uma cerveja diferente por dia, dando informações como tipo da cerveja, teor alcoólico, ...