5 bares desconhecidos do Rio de Janeiro que você precisa conhecer

“Veja uma lista com 5 bares desconhecidos do Rio de Janeiro, desde o boteco mais pé-sujo até o especializado em cerveja artesanal. CONFIRA AGORA!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (4 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Fala, meus nobres PdB’s. Nós adoramos botecos, eu principalmente adoro aqueles mais simples e desconhecidos. Pensando nisso, o PdB fez uma parceria com o Expedia Brasil para falar sobre 5 bares desconhecidos do Rio de Janeiro que você precisa conhecer. Mas claro, bares que o pessoal de fora não ouve falar sempre. Alguns, talvez todos, para algumas pessoas do Rio seja já conhecido e frequentado.

Diga então os 5 bares desconhecidos

Peguei um bar de Niterói e o restante pelo Rio de Janeiro, que são os que eu frequento legal e posso indicar sem erro. Os 5 bares entram em todos os estilo, desde boteco Pé Sujo até bares de cervejas artesanais. Um ponto em que praticamente todos entram em destaque é na parte gastronômica, cada um em ponto específico. Vamos falar sobre eles?

Bar do Momo

Bolovo de bacalhau do Bar do Momo

Espetacular S2

O primeiro dos 5 bares desconhecidos é um velho conhecido pra quem mora na Tijuca, como eu. Ele ganhou grande repercussão de algum tempo pra cá. É um boteco no estilo pé-sujo, com um ótimo atendimento e cerveja gelada. Você senta na calçada, um clássico carioca, estendendo até a esquina. Se você quiser sentar, chegue cedo, é sério, eu nunca vi o Bar do Momo com lugares pra sentar, sempre cheio e com a galera na fila de espera.

O ponto forte de lá são os petiscos. Provavelmente é o melhor bolinho de arroz do Rio de Janeiro, quiçá do Brasil. Toda quinta tem noite dos hambúrgueres. Na última quarta, dia 30 de março, teve uma novidade sensacional, o Bolovo de Bacalhau, que nada mais é que um bolinho de bacalhau com ovo dentro. Outro ponto forte é a localização do bar, que é muito próximo ao metrô da estação da Uruguai.

Um ponto fraco é que só aceita dinheiro. Acho meio bizarro isso, um boteco sagaz desse só aceitar dinheiro. Já deixei de beber lá várias vezes por causa disso.

Endereço

  • Rua General Espírito Santo Cardoso 50 A
  • Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

Bar da Gema

Estou babando aqui...

Estou babando aqui…

Um outro velho Tijucano conhecido. Já participou e ganhou algumas vezes o evento Comida Di Buteco que tanto já falamos por aqui. Tem cerveja artesanal, gelada, um atendimento tranquilo, simples e bem feito. Você sempre vê um dos donos por lá. É um outro boteco de esquina, mas a galera só senta dentro mesmo ou fica em pé na frente.

Ponto forte é também a parte gastronômica, os petiscos são espetaculares. A costela de boi é algo de outro mundo. Se puder ir na terça, vai e peça a coxinha, porque eles só fazem na terça-feira mesmo. Por quê? Sei lá, deve ser pra criar ainda mais expectativa. A linguiça apimentada é muito boa também, recomendo. A variedade de cervejas artesanais não é grande, mas vale experimentar.

Um ponto fraco é que tem pouco lugares pra sentar e abrem tarde em alguns dias.

Endereço

  • Rua Barão de Mesquita, 615
  • Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

Bar da Fila

Quero S2

Quero S2

O único bar de Niterói, porém, o mais inusitado de todos. Já começa pelo nome, que na verdade é uma fila de espera para o Bar do Seu Antônio, que é um português que resolveu montar seu restaurante em Cafubá, Niterói. A comida de lá é espetacular, porém, a fila pra entrar no restaurante chega a 2h, isso mesmo, DUAS HORAS. E o que eles fizeram? Aproveitaram o espaço de fora e um terreno na frente e criaram o Bar da Fila. Lá você pode pedir chopp, petiscos e afins enquanto você não entra no Seu Antônio.

Mas a parada mais irada é que muito, devido ao tempo de espera, só vão mesmo para o Bar da Fila, já que os petiscos são espetaculares. Comi o bolinho de bacalhau de lá, sensacional, um dos melhores que já comi. O camarão ao alho e óleo é sem dúvidas o melhor que já vi em Niterói e Rio de Janeiro, os camarões têm um tamanho ignorantes, grandes mesmo, além de deliciosos. Chopp geladinho, tem até mercadinho do lado caso queira comprar alguma lembrança.

Um ponto fraco é que não vende cerveja, só chopp. Fora que também é complicado conseguir sentar no bar, ou seja, você tem que esperar na espera auhuahuhuahuahu

Endereço

  • Rua Dr. Heleno de Gregório, 312
  • Cafubá – Niterói/RJ

Cerveja Social Clube

Imagine isso com uma Rauchbier

Imagine isso com uma Rauchbier

Já falamos sobre ele aqui no Papo de Bar, é o único da lista dos 5 bares desconhecidos especializado em cervejas artesanais. E é mais um localizado na Tijuca, mas foi sem querer, juro que eu não queria ser bairrista 😛 O CSC começou só como uma loja virtual, acompanhei desde o início o nascimento dessa ideia, hoje é só o bar mesmo, que começou com somente um corredor com algumas cervejas e hoje já tem uma área consideravelmente grande e com uma variedade sagaz das artesanais e chopes on tap.

Bebi diversas cervejas artesanais lá que ainda não tinha bebido, inclusive a BrewDog Tokyo. A casa tem uma grande variedade de rótulos, por volta de 300, fora as duas torneiras de chopp que são rotativas, e um dos pontos principais é que eles possuem um preço mais em conta se comparar com a maioria das outras casas do mesmo estilo, tanto do Rio quanto de São Paulo. O ambiente é sagaz, bem decorado, iluminado, boa música. Inclusive tem dias em que um grupo de baixistas do Rio de Janeiro se reúne lá, bem maneiro.

Um ponto fraco mas que hoje nem é mais tanto era que não tinha petiscos, só amendoins, mas hoje o local tem dois hambúrgueres fodásticos: o Bacon Minado e o Overkill. O primeiro leva esse nome porque tem uns cubos de bacon, realmente um campo minado de bacon. O Overkill vocês estão vendo na foto acima, tem uma maionese feita com Jack Daniel’s num pão artesanal. E também tem linguiça recheada com provolone. E legal que também tem hambúrguer vegetariano de grão de bico ou soja, fora outras opções gastronômicas. Portanto, nem tem ponto fraco 😛

Endereço

  • Rua Barão de Mesquita, 141 – Lj. C – Tijuca
  • Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

Damasio’s Galeteria

Galera bebendo no Damasio's

O último dos 5 bares desconhecidos não é na Tijuca, fiquem tranquilos 😛 Ele fica na Glória, em frente à Praça Paris, Cartão Postal do Rio de Janeiro. Esse é o mais botecão de todos. Pode não ter no nome, mas é um bar sagaz, com todo tipo de público, de trabalhadores, jovens, até travestis e, claro, bêbados.

Um ponto forte, já dá pra ver, é o galeto que é o ponto da casa. O Frango à passarinho é bom demais também. Almoçar lá é uma boa pedida, preço honesto e bem regado. A cerveja está sempre gelada no ponto certo. Domingo é um dia clássico e ótimo de ir, pois tem a Feira da Glória que rola, assim você pode comprar um peixe e/ou camarão na feira e pedir pra eles fazerem pra você, geralmente custava R$10 esse serviço

Um ponto fraco é o banheiro, que é imundo, mas caso você não seja fresco, tranquilo. A variedade de cervejas também é bem fraca, sendo que o preço poderia ser um pouco mais baixo devido ao estilo boteco pé-sujo, mas está num preço aceitável.

Finalizando

Lembrando que esses botecos podem ser conhecidos por quem é do bairro, mas pra quem é de fora geralmente são desconhecidos 😉

O que achou dos botecos? Já conhecia algum? Já foi em quais? Ainda não foi e é de fora do Rio? Avise pra gente aqui e venha pro Rio, inclusive a galera Expedia Brasil está com umas dicas bem legais pra viajar aqui pro Rio. Vem pra cá pra nos conhecer, será um prazer te acompanhar nesses botecos irados 🙂

Aquele abraço.

Você também gostará desses

O prazer de beber e se sentir bem Quando bebemos cerveja nós precisamos sentir o prazer de beber. A cerveja precisa ser boa no que ela se propõe, seja ela artesanal ou não.
A Revolução Cervejeira é Feminina! A cerveja artesanal está cada dia mais na moda. Mas cadê as mulheres fazendo cerveja? Elas foram as primeiras a fazer, merecem destaque novamente!
Beber é cool! Beber é cool. Você concorda com isso? Com a chegadas das redes sociais isso ficou mais evidente. Muitos compartilhando seus momentos etílicos.
Os cinco sentidos da cerveja Confira o que muda nos cinco sentidos na hora de beber uma cerveja. O paladar muda? Será que o aroma, o tato mudam se você beber uma cerveja de forma ...
É possível que o álcool aumente a qualidade de vid... Recentes pesquisas, mostram que o consumo frequente, mas moderado de álcool, pode trazer benefícios para o ser humano, a longo prazo. E você, acredita...
Os Banheiros de Bares Conheça os banheiros de bares mais sujos e os mais luxuosos que existem.

Compartilhe: