5 bares desconhecidos do Rio de Janeiro que você precisa conhecer

“Veja uma lista com 5 bares desconhecidos do Rio de Janeiro, desde o boteco mais pé-sujo até o especializado em cerveja artesanal. CONFIRA AGORA!”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (4 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Fala, meus nobres PdB’s. Nós adoramos botecos, eu principalmente adoro aqueles mais simples e desconhecidos. Pensando nisso, o PdB fez uma parceria com o Expedia Brasil para falar sobre 5 bares desconhecidos do Rio de Janeiro que você precisa conhecer. Mas claro, bares que o pessoal de fora não ouve falar sempre. Alguns, talvez todos, para algumas pessoas do Rio seja já conhecido e frequentado.

Diga então os 5 bares desconhecidos

Peguei um bar de Niterói e o restante pelo Rio de Janeiro, que são os que eu frequento legal e posso indicar sem erro. Os 5 bares entram em todos os estilo, desde boteco Pé Sujo até bares de cervejas artesanais. Um ponto em que praticamente todos entram em destaque é na parte gastronômica, cada um em ponto específico. Vamos falar sobre eles?

Bar do Momo

Bolovo de bacalhau do Bar do Momo

Espetacular S2

O primeiro dos 5 bares desconhecidos é um velho conhecido pra quem mora na Tijuca, como eu. Ele ganhou grande repercussão de algum tempo pra cá. É um boteco no estilo pé-sujo, com um ótimo atendimento e cerveja gelada. Você senta na calçada, um clássico carioca, estendendo até a esquina. Se você quiser sentar, chegue cedo, é sério, eu nunca vi o Bar do Momo com lugares pra sentar, sempre cheio e com a galera na fila de espera.

O ponto forte de lá são os petiscos. Provavelmente é o melhor bolinho de arroz do Rio de Janeiro, quiçá do Brasil. Toda quinta tem noite dos hambúrgueres. Na última quarta, dia 30 de março, teve uma novidade sensacional, o Bolovo de Bacalhau, que nada mais é que um bolinho de bacalhau com ovo dentro. Outro ponto forte é a localização do bar, que é muito próximo ao metrô da estação da Uruguai.

Um ponto fraco é que só aceita dinheiro. Acho meio bizarro isso, um boteco sagaz desse só aceitar dinheiro. Já deixei de beber lá várias vezes por causa disso.

Endereço

  • Rua General Espírito Santo Cardoso 50 A
  • Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

Bar da Gema

Estou babando aqui...

Estou babando aqui…

Um outro velho Tijucano conhecido. Já participou e ganhou algumas vezes o evento Comida Di Buteco que tanto já falamos por aqui. Tem cerveja artesanal, gelada, um atendimento tranquilo, simples e bem feito. Você sempre vê um dos donos por lá. É um outro boteco de esquina, mas a galera só senta dentro mesmo ou fica em pé na frente.

Ponto forte é também a parte gastronômica, os petiscos são espetaculares. A costela de boi é algo de outro mundo. Se puder ir na terça, vai e peça a coxinha, porque eles só fazem na terça-feira mesmo. Por quê? Sei lá, deve ser pra criar ainda mais expectativa. A linguiça apimentada é muito boa também, recomendo. A variedade de cervejas artesanais não é grande, mas vale experimentar.

Um ponto fraco é que tem pouco lugares pra sentar e abrem tarde em alguns dias.

Endereço

  • Rua Barão de Mesquita, 615
  • Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

Bar da Fila

Quero S2

Quero S2

O único bar de Niterói, porém, o mais inusitado de todos. Já começa pelo nome, que na verdade é uma fila de espera para o Bar do Seu Antônio, que é um português que resolveu montar seu restaurante em Cafubá, Niterói. A comida de lá é espetacular, porém, a fila pra entrar no restaurante chega a 2h, isso mesmo, DUAS HORAS. E o que eles fizeram? Aproveitaram o espaço de fora e um terreno na frente e criaram o Bar da Fila. Lá você pode pedir chopp, petiscos e afins enquanto você não entra no Seu Antônio.

Mas a parada mais irada é que muito, devido ao tempo de espera, só vão mesmo para o Bar da Fila, já que os petiscos são espetaculares. Comi o bolinho de bacalhau de lá, sensacional, um dos melhores que já comi. O camarão ao alho e óleo é sem dúvidas o melhor que já vi em Niterói e Rio de Janeiro, os camarões têm um tamanho ignorantes, grandes mesmo, além de deliciosos. Chopp geladinho, tem até mercadinho do lado caso queira comprar alguma lembrança.

Um ponto fraco é que não vende cerveja, só chopp. Fora que também é complicado conseguir sentar no bar, ou seja, você tem que esperar na espera auhuahuhuahuahu

Endereço

  • Rua Dr. Heleno de Gregório, 312
  • Cafubá – Niterói/RJ

Cerveja Social Clube

Imagine isso com uma Rauchbier

Imagine isso com uma Rauchbier

Já falamos sobre ele aqui no Papo de Bar, é o único da lista dos 5 bares desconhecidos especializado em cervejas artesanais. E é mais um localizado na Tijuca, mas foi sem querer, juro que eu não queria ser bairrista 😛 O CSC começou só como uma loja virtual, acompanhei desde o início o nascimento dessa ideia, hoje é só o bar mesmo, que começou com somente um corredor com algumas cervejas e hoje já tem uma área consideravelmente grande e com uma variedade sagaz das artesanais e chopes on tap.

Bebi diversas cervejas artesanais lá que ainda não tinha bebido, inclusive a BrewDog Tokyo. A casa tem uma grande variedade de rótulos, por volta de 300, fora as duas torneiras de chopp que são rotativas, e um dos pontos principais é que eles possuem um preço mais em conta se comparar com a maioria das outras casas do mesmo estilo, tanto do Rio quanto de São Paulo. O ambiente é sagaz, bem decorado, iluminado, boa música. Inclusive tem dias em que um grupo de baixistas do Rio de Janeiro se reúne lá, bem maneiro.

Um ponto fraco mas que hoje nem é mais tanto era que não tinha petiscos, só amendoins, mas hoje o local tem dois hambúrgueres fodásticos: o Bacon Minado e o Overkill. O primeiro leva esse nome porque tem uns cubos de bacon, realmente um campo minado de bacon. O Overkill vocês estão vendo na foto acima, tem uma maionese feita com Jack Daniel’s num pão artesanal. E também tem linguiça recheada com provolone. E legal que também tem hambúrguer vegetariano de grão de bico ou soja, fora outras opções gastronômicas. Portanto, nem tem ponto fraco 😛

Endereço

  • Rua Barão de Mesquita, 141 – Lj. C – Tijuca
  • Tijuca – Rio de Janeiro/RJ

Damasio’s Galeteria

Galera bebendo no Damasio's

O último dos 5 bares desconhecidos não é na Tijuca, fiquem tranquilos 😛 Ele fica na Glória, em frente à Praça Paris, Cartão Postal do Rio de Janeiro. Esse é o mais botecão de todos. Pode não ter no nome, mas é um bar sagaz, com todo tipo de público, de trabalhadores, jovens, até travestis e, claro, bêbados.

Um ponto forte, já dá pra ver, é o galeto que é o ponto da casa. O Frango à passarinho é bom demais também. Almoçar lá é uma boa pedida, preço honesto e bem regado. A cerveja está sempre gelada no ponto certo. Domingo é um dia clássico e ótimo de ir, pois tem a Feira da Glória que rola, assim você pode comprar um peixe e/ou camarão na feira e pedir pra eles fazerem pra você, geralmente custava R$10 esse serviço

Um ponto fraco é o banheiro, que é imundo, mas caso você não seja fresco, tranquilo. A variedade de cervejas também é bem fraca, sendo que o preço poderia ser um pouco mais baixo devido ao estilo boteco pé-sujo, mas está num preço aceitável.

Finalizando

Lembrando que esses botecos podem ser conhecidos por quem é do bairro, mas pra quem é de fora geralmente são desconhecidos 😉

O que achou dos botecos? Já conhecia algum? Já foi em quais? Ainda não foi e é de fora do Rio? Avise pra gente aqui e venha pro Rio, inclusive a galera Expedia Brasil está com umas dicas bem legais pra viajar aqui pro Rio. Vem pra cá pra nos conhecer, será um prazer te acompanhar nesses botecos irados 🙂

Aquele abraço.

Você também gostará desses

Os cinco sentidos da cerveja Confira o que muda nos cinco sentidos na hora de beber uma cerveja. O paladar muda? Será que o aroma, o tato mudam se você beber uma cerveja de forma ...
Top 10 cervejas pela Equipe do PdB, as melhores ce... Veja quais são as melhores cervejas do mundo no Top 10 cervejas artesanais que o Papo de Bar criou com a sua equipe de especialistas. E qual o seu Top...
Todo carnaval tem seu fim. Ou não… O carnaval é uma festa épica. Muita cerveja, muita festa, muita diversão, tudo que uma vida sagaz precisa. Mas por que não podemos viver a vida como u...
O Anti-Wingman: Da Derrota à Vitória Você está on fire, tudo da certo pra você, mas seu amigo está muito louco e queimando seu filme. Conheça a técnica do Anti-Wingman, e salve a sua noit...
Orquestra Voadora no carnaval 2016 Foi criada uma vaquinha pra ajudar a Orquestra Voadora no carnaval 2016. Veja como participar, você pode ajudar com qualquer quantia.
O #EstiloPdB O que você acha de aproveitar as boas coisas da vida e viver sempre de bem com tudo? A ideia é boa né!? Então aprenda um pouco mais sobre o #EstiloPdB...

Compartilhe: