Mineiras botecando

Comida di Buteco: Belo Horizonte, a terra das botequeiras

“Mal começou o Comida di Buteco de 2012 e as mulheres já são maioria. Pesquisa feita mostra que mulheres são 60% da presença nos botecos no evento Comida di Buteco.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (9 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Não pense besteira quanto ao trocadilho do título do artigo, ok? Mineiras botequeiras, diferente de boqueteiras. Mas ok, sem problemas em considerar as mineiras boas nas duas coisas. Confirma isso Arnaldo?

Mulher mineira gosta é de boteco

Mulheres no Comida di Buteco

Vamos botecar

Belo Horizonte, Minas Gerais como um todo é sinônimo de mulher bonita e simpática. E, além disso, de mulheres que gostam de beber, e muito. E o evento Comida di Buteco é uma grande prova disso.

A prova disso é que nos primeiros dias, nessa primeira semana, os botecos estão bem lotados, pra variar um pouco. E a mulherada foi a grande maioria em todos os botecos. E mais um dado interessante é que três dos sete botecos estreantes são administrados por mulheres: Bar da Claudinha, Casa Velha e Recanto da Macaca.

Belo Horizonte, a capital das mulheres botequeiras

Mulheres brindando no bar

Créditos: Greg Bracco

Olha o trocadilho de novo hein, parem com esse pensamento 😀

Esse dado da maioria feminina vem de anos já e não somente em 2012. Nesse levantamento feito, 60% da galera que curte e frequenta os botecos do Comida di Buteco são mulheres botequeiras (ok, parei). Seja em grupos somente femininos, seja com amigos do sexo masculino, a mulherada vem fazendo juz ao lema da capital mineira: Se não tem mar, vamos pro bar.

Mulheres vencedoras

Como já disse anteriormente, três botecos estreantes são comandados por mulheres. E todos esses botecos possuem um objetivo parecido, que é conseguir bastante sucesso e vitória no Comida di Buteco, assim como os bares: Bar da Cida e Bar da Lôra, que também são comandados pela mulherada e já conseguiram ganhar outras edições do Comida di Buteco.

O Bar da Lôra faturou o campeonato no ano de 2010, e segundo a Lôra, na época em que assumiu o bar não existia nenhuma mulher a frente de algum boteco na região do Mercado Central. Uma pequena conquista e que tende a aumentar. Ela fala que é engraçado ver alguns marmanjos estranharem uma mulher comanda-los e tudo mais. São as mulheres mostrando que sabem trabalhar bem, não somente no fogão 😀

Fim do preconceito das mulheres nos botecos

Mineiras botecando

Somos mineiras e adoramos boteco sim senhor 😉

Vemos que agora essa porra de preconceito ta indo embora, está sumindo, finalmente. Antigamente a sociedade olhava com preconceito as mulheres nos botecos. Se não estivessem com seus machos, se estivessem com o objetivo da “caça” ou de falar besteira com as amigas, olhavam de cara feia.

O fodástico é que tem até um grupo feminino de botequeiras, o Grupo das Meninas, formado por dez mulheres com idade entre 28 e 73 anos, que se reúnem sempre na 2ª quinta-feira de cada mês em um boteco de Belo Horizonte. Isso mermo cupadi, SETENTA E TRÊS ANOS. Tô imaginando aqui a coroa enchendo a cara no boteco e falando mal dos coroas que já pegou 😀

E essa coroa é a Eunice de Freitas, que admite que as reuniões costumam ser uma das atrações mais prazerosas do mês. Também pudera né, não conheço uma pessoa que diz que estar no boteco não é prazeroso. Ainda fala mais sobre a ideia central das reuniões:

A ideia central é ter um dia pra gente se encontrar, bater papo, conhecer os botecos de BH. No grupo existem mulheres que bebem e não bebem, o importante é se distrair. Temos algumas regras: no mês do Comida di Buteco, por exemplo, temos que ir num boteco que esteja participando do concurso

Achei interessante essa parada de ter mulheres que bebem e que também não bebem. Isso mostra que a galera dos bares não são preconceituosos e abrem espaço pra geral, mesmo não fazendo algo tão fodástico, que é beber.

E esse grupo surgiu em 2006 quando as fundadoras se perguntaram:

já que os homens se encontram pra jogar futebol, porque não podemos nos reunir para colocar a conversa em dia?

Bem coisa de mulher mermo né? 😀

Finalizando

E você mulher? Sai com as amigas pra botecar? Alguma de vocês já foram no Comida di Buteco? Quais daqui são de Minas Gerais?

Você também gostará desses

A atitude masculina ficou digital Confira esse artigo que fala como a atitude masculina ficou digital, que o homem utiliza muito o celular pra flertar, abordar mulheres. Veja o que mud...
Nem só de homens são feitos os bares Cerveja, petiscos, shots. Isso tudo se encontra no bar, mas e a mulheres? Não podemos esquecer que elas também estão lá, e não dispensam uma boa bebid...
Livro Comida di Buteco O Livro Comida di Buteco será a novidade da edição de 2017. É uma parceria entre o evento e a Editora Globo Estilo. São 50 receitas e muito mais. Conf...
Amnésia alcoólica Um mal que acontece com muitos dos bebedores, sejam eles mau bebedor ou bom, seja homem ou mulher. Os porquês da amnésia alcoólica ocorrer, como o álc...

Compartilhe:

  • Dayane Parreiras

    Eu sou Mineirinha, e adoro botecar com minhas amigas. Tem ainda alguns homens que olham diferente, mas a gente nem liga mais! Já conquistamos nosso espaço nos bares que frequentamos, somos queridas e muito bem tratadas, e no quesito beber, deixamos muitos homens no chinelo!

    • Boa Dayane, tem que ser isso mermo. Já vi muita mulher deixa marmanjo no chinelo, sendo humilhados 😀

      E esses babacas que olham meio torto são os toscos que mandam mal na cama e reclama quando a mulher o trai 😛

  • sergio luiz

    Comida di Buteco: Belo Horizonte, a terra das botequeiras.
    Ainda bem que estas sobrio, sem inverter as palavras.
    Imagina invertendo as palavras botequeiras. (troque o te por que )
    brincadeira so’.

  • sergio luiz

    Comentário mais importante. são lindas estas mineiras, sô.. Parabéns

    • Foi o intuito Sergio, brincar com isso 😉

      E mulher mineira e mulheres lindas é um pleonasmo 😀