Anti-Wingman

O Anti-Wingman: Da Derrota à Vitória

“Você está on fire, tudo da certo pra você, mas seu amigo está muito louco e queimando seu filme. Conheça a técnica do Anti-Wingman, e salve a sua noite.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (6 votes, average: 9.00 out of 10)
Loading...

Fala aí cambada de delinquentes e desajustados mais amada desse país, hoje venho com um tema que pode interessar e muito para que curte o clima de azaração nos bares e noitadas.

Há algum tempo atrás, meu nobre ébrio e cavaleiro do apocalipse Drunk N’ Roll deu algumas dicas à respeito de como amigos devem se comportar como wingmans e líderes de vôo.

Só que fatos recentes abriram minha mente para uma situação que eu ainda não havia pensado

O Anti-Wingman

Anti-Wingman

Agora é a hora de chegar na mulherada!

Sabe aquelas noites que você sai com tudo planejadinho, o lugar que você escolheu pra sair está apinhado de gente bonita, a temperatura está boa, você olha no espelho e se sente bem com você mesmo, e quase acredita que se jogar na loteria, pode ganhar.

Então, aí você ou seu amigo bebem demais, e erram a mão.

Mas erram a mão com vontade, não conseguem mais conversar com ninguém, não falam coisa com coisa, ficam com olhar de peixe-morto e andam cambaleando.

E das cinzas surge o Anti-Wingman

Anti-Wingman

Calma meninas, meu amigo está muito louco…

Desde antes de escrever sobre o comportamento das mulheres nos bares, que me empenho muito em observar o comportamento das pessoas. E o que pude perceber quase que sem querer, que um amigo bêbado, falando nada com nada, pode dar quase tão certo quanto um Wingman profissional.

E aí você me pergunta: como!?

Pensa bem, o seu amigo sem noção chega apavorando as meninas, trocando nome, chamando para tomar drinks, fazendo piadinhas sem graças, enfim, tudo o que você não quer fazer pra não queimar o filme.

Nos próximos 15 segundos, você fica com cara de bunda, pois ele acabou de estragar todas as chances que você tinha de se dar bem, e pede desculpas para as meninas, já que você não esperava esse comportamento.

E aí, você que estava quase passando desapercebido, já parece bem mais interessante do que muita gente, pois é educado e está preocupado em controlar o estrago que o seu amigo pode causar no grupo das pobres meninas.

Mas o Anti-Wingman não é um trunfo

Anti-Wingman

Tá achando que é molezinha?

É importante frisar que isso não é uma técnica. Você não pode simplesmente simular e fazer esse teatro, pois as pessoas vão perceber a sua má intenção e você não passará de um fanfarrão!

Mas tenho certeza que observando esse subterfúgio, Barney Stinson (que já teve relações com mais de 280 ~molieres~) ficaria orgulhoso de mim.

Até porque, o dia que isso deu certo, fui introduzido na conversa com o chavão básico: “Você conhece o Mclovin!?”

Finalizando

E vocês queridões, tem alguma história de comportamentos assim em bares ou nights / baladas?

Já se deram bem em uma situação que tinha tudo pra dar errado? Já se deram mal em uma que tinha tudo pra dar certo?

Botem a boca no trombone aí, nos comentários!

Você também gostará desses

Obras de arte em obras de arte. Sobre mulheres tat... As mulheres tatuadas são mais que apenas mulheres. Os rabiscos são mais que tatuagens. É tudo uma composição de uma obra de arte noutra obra de arte....
Balde de gelo e cerveja, a cultura do beber junto O balde de gelo é um dos coadjuvantes de nossas bebedeiras diárias, seja sozinho ou com os amigos. Essa cultura do beber junto, bem brasileira. Confir...
Os Banheiros de Bares Conheça os banheiros de bares mais sujos e os mais luxuosos que existem.
ENEB – o ENEM dos bares O ENEB, Exame Nacional da Experiência nos Bares, são algumas questões que devem ser respondidas para que o relacionamento nos bares seja sempre bom....
É possível que o álcool aumente a qualidade de vid... Recentes pesquisas, mostram que o consumo frequente, mas moderado de álcool, pode trazer benefícios para o ser humano, a longo prazo. E você, acredita...
Porque eu nunca fiz amigos bebendo leite Levantando a grande questão dos bares e botecos da vida: eu nunca fiz amigos bebendo leite! As grandes histórias sempre têm álcool envolvido. Confira!...

Tags:

Compartilhe:

  • Já fui tanto Wingman quanto Anti-Wingman, e te falar que já perdi a conta das vezes que já fui os dois, mas isso no passado… Hoje em dia to mais pra cavalheiro solitário mesmo uahuauhuahahu

    • lincolnqjunior

      A arte de sair com os melhores… hahuahuahauhauh
      O foda é que com amigos bêbados, tudo é possível, né!?

      • Luciano

        Poxa. Sou “bão” mesmo…hehehehe