Rapidinhas etílicas – Parte III: cerveja faz bem!

As pesquisas divulgadas nas últimas semanas não poderia ser melhores para você, que bate ponto no bar toda semana para beber sua sagrada cervejinha. Vamos conferir as últimas notícias do mundo etílico.

“Barriga de cerveja” é um mito

Barrigao escrito cerveja

Não engorda?

Uma pesquisa realizada pela nutricionista Kathryn O’ Sullivan foi divulgada recentemente pelo jornal britânico “The Telegraph”. Ela revela que a cerveja pode ser benéfica na dieta dos seres humanos: possui aspectos nutricionais semelhantes ao vinho – quando consumidos com moderação – mas é menos calórica. A cerveja engorda sim, mas quando consumida em grandes quantidades, assim como acontece com o vinho ou qualquer outra bebida.

A nutricionista também apurou que mais da metade dos adultos da Grã-Bretanha não sabem quantas calorias há em uma cerveja ou vinho e que pelo menos 74% das mulheres superestimaram as calorias da cerveja. Na pesquisa, a cerveja é apontada como uma bebida que contém vitaminas, fibras, antioxidantes e minerais como o silício, que podem ajudar a reduzir o risco de osteoporose. Por outro lado, a pesquisa não contesta as consequências do consumo excessivo de álcool como mortalidade e morbidade.

O chefe do Departamento de Nutrição Humana da Universidade de Copenhague, professor Arne Astrup, também já declarou anteriormente que não há nenhuma evidência cientifica concreta para apoiar a ideia da “barriga de cerveja“.

Fonte

Cerveja tem substância que poderá tratar diabetes

Chocolates harmonizando com cervejas

Créditos: Melissa Batten

Uma nova pesquisa descobriu a possibilidade de incorporar humulones — substância química de sabor amargo encontrada no lúpulo — aos medicamentos. Werner Kaminsky, da Universidade de Washington, é o principal autor de um artigo descrevendo as descobertas, publicado este mês na revista Angewandte Chemie International Edition.

Segundo a publicação, as novas drogas poderiam tratar diabetes, inflamações e alguns tipos de câncer. No entanto, apenas beber cerveja por conta dessa descoberta não irá ajudar ninguém a ficar mais saudável: “O consumo excessivo de cerveja não deve ser recomendado como forma de melhorar a saúde“, afirmam os autores em um comunicado à imprensa. “Mas os humulones isolados e seus derivados podem ser receitados, e seus benefícios à saúde agora estão documentados”.

Fonte

Cerveja hidrata o corpo, diz pesquisa

Corredora segurando uma garrafa de cerveja

Vamos correr…

Apesar de apontada como vilã pelos adeptos de um estilo de vida saudável, a cerveja pode ser fonte de hidratação, segundo estudo feito na Universidade de Granada, na Espanha. A razão principal estaria nos mais de 90% de água presente em sua composição. Os autores afirmam que, em quantidades moderadas, consumir cerveja após a prática de esportes pode ser uma boa opção, uma vez que, além da hidratação, o corpo aproveitaria os açúcares, sais e bolhas de gás da cerveja para aumentar a capacidade de absorver água e para ajudar a repor a perda de calorias.

O estudo envolveu um grupo de estudantes que foram convidados a fazer exercícios físicos até que a temperatura do corpo chegasse a 40ºC. Os pesquisadores, então, deram cerveja para metade dos alunos e água para a outra metade. Em seguida, os pesquisadores mediram os níveis de hidratação, habilidades motoras e capacidade de concentração.

Eles determinaram que os bebedores de cerveja tinham efeitos de reidratação “um pouco melhores” que aqueles que beberam água. Com base nos resultados do estudo, os pesquisadores recomendam o consumo moderado de cerveja como parte de dietas de atletas. “O consumo moderado” para os homens é de 500 ml por dia, e para as mulheres é de 250ml por dia.

Fonte

Finalizando

E você, o que acha dessas notícias? Se anima com elas?

Você também gostará desses

Cápsulas de cerveja! Um sonho se realizando! Uma parceria entre as gigantes Whirlpool e AmBev está pra surgir com um produto inusitado e inovador. Uma máquina que faz "cerveja expresso" usando cá...
Skol Ultra, a cerveja para atletas A Skol Ultra é produzida por meio de um processo inovador e possui menos calorias e carboidratos.
Budweiser + Twitter = Cerveja em casa A Budweiser e Twitter firmaram uma parceria onde você pede uma cerveja por DM (Mensagem Direta). Veja como funciona essa parceria que entregar cerveja...
Sexo e Álcool deixam as pessoas mais felizes do qu... Um estudo feito com algumas pessoas mostra que o sexo e álcool são mais bem vistos como felicidade do que religião e criar filhos. Confira esse estudo...
Os restaurantes e suas cartas de cerveja Os restaurantes não marcam bobeira e começam a criar suas cartas de cervejas e não somente de vinho. A clientela pede e os restaurantes estão se espec...
Amstel na Libertadores da América O futebol ganha mais um patrocínio cervejeiro. Agora temos a cerveja Amstel na Libertadores da América, para reforçar a marca e seu marketing.