Ressaca de velho

“Você acorda, está mal, não consegue levantar. Mas está sem dor de cabeça, algo diferente após uma bebedeira. Conheça agora a ressaca de velho.”

Vote neste artigo:
SóbrioAlegrinhoSemi-modafocaModafocaTem futuroNo brilhoAlucinadoCom a alma no céuComa AlcóolicoJeremias - O Retorno (2 votes, average: 10.00 out of 10)
Loading...

Acordo pela manhã. Pelo menos a minha mente, pois meu corpo continua morto. Não sinto dor de cabeça, nada de ressaca, somente o corpo como se fosse de um defunto. Lembro de praticamente toda a noite anterior, algo que não é tão recorrente devido a amnésia alcoólica que às vezes tenho. Será que eu ainda sinto ressaca? Ou agora eu tenho tipo uma ressaca de velho?

Quem tem mais de 30 anos, ou até um pouco menos, depende do estado de espírito, sabe do que eu estou falando. Parece que a ressaca de velho é uma evolução (será?), a cabeça nem dói, porém, a dor migra pro corpo todo.

Aquele cansaço, aquela vontade de não querer viver por alguns instantes, muito menos levantar para trabalhar.

Acredito que isso ocorra algumas vezes na nossa vida, mas quando se fica mais velho, acontece mais vezes, principalmente depois de beber.

Mas o que seria a ressaca de velho?

Velho feliz bebendo cachaça

Sei lá, é só uma suposição modafoca minha. Nem sei se isso existe cientificamente, mas falo com meus grandes amigos, principalmente os do PdB, e eles relatam o mesmo fodasse que eu.

Com o tempo você já sabe lidar com algumas reações do corpo quando bebe demais, portanto, você se prepara mais.

Por exemplo, beber bastante água para evitar a famosa ressaca. Se alimentar bem antes de uma possível bebedeira, dentre outros.

Devido a isso, o corpo parece que vai se preparando para suas bebedeiras e arrumando brechas para te ferrar. “Não vai doer mais a cabeça, né? Então vou ferrar teu corpo inteiro, safado“.

Como a gente se sente com a ressaca de velho?

É como se você ficasse o dia inteiro com aquela lombeira maldita pós almoço. Ao invés de tomar café, você almoçou, com isso, a lombeira não sai nunca.

macaco de ressaca

É um cansaço durante o dia, bem similar a ressaca normal. Acho que a grande diferença mesmo se percebe na hora de acordar sem a dor de cabeça.

Você se sente relativamente “bem“, só com vontade de morrer por algumas horas mesmo. Mas vai pro trabalho e consegue conversar com a galera normalmente.

Não temos mais aquele gosto de guarda-chuva molhado e guardado por algumas horas no porão e enfiado na sua boca.

Sofremos um bocado, confesso, mas usamos os mesmos métodos da ressaca tradicional para curar a ressaca de velho, nada complicado. Um gatorade, água de coco, beber bastante água e/ou comer um bacon suculento no dia seguinte ajudam bastante.

Alimentação, o grande segredo

Esse é o ponto, a alimentação ajuda em praticamente tudo, evita qualquer tipo de ressaca. Basta fazer uma ótima alimentação antes de beber que a probabilidade de se ter uma ressaca de velho é mínima.

Aliás, a alimentação é a chave de se viver bem, seja bebendo ou não. Uma boa alimentação é mais importante até que praticar exercícios regularmente.

Claro que os dois são importantes, mas a alimentação tem uma força maior, na minha opinião.

Água, um santo remédio

Sim, já falamos bastante sobre a água aqui no Papo de Bar. Ela hidrata bastante, ajuda contra a nossa temida ressaca.

Existem diversas formas, tem gente que depois de uma bebedeira, bebe dois litros de água quando chega em casa. Acho complexo lembrar disso dependendo no nível alcoólico.

Alternar um copo d’água entre uns dois, três de cerveja ajuda e muito também, certeza de não ter ressaca.

Exercício zumbi

Uma boa tática para combater a ressaca de velho é voltar pra casa andando. Suar ajuda bastante a tirar o álcool do corpo. Sempre que jogo a pelada clássica de segunda-feira depois de estar de ressaca, ela fica zerada.

Mas claro, se você estiver bem longe de casa, a coisa complica, tem que tomar cuidado 😉

A diferença entre as ressacas…

velho bêbado sorrindo e de ressaca

Créditos: William kneeshaw

Esse é o ponto. Tem dias que eu prefiro essa ressaca de velho, tem dias que eu prefiro a antiga. Mas o bom mesmo é não ter ressaca.

Quando se é jovem você nem liga tanto pra ressaca, você aguenta beber todo santo dia sem nem reclamar direito, só da dor de cabeça e sede absurda.

Quando se está mais velho o organismo ataca com intensidade, você sente mais, mesmo que você não beba tanto como antigamente.

E até no contrário, pois com a idade você acaba aprendendo a beber mais e bebendo bem, com isso, as chances de ressaca de velho variam.

Como assim?

Simples. Você está mais velho, tem mais conhecimento, tem mais dinheiro do que com 20 anos (pelo menos deveria), portanto, acaba bebendo melhor.

Em muito casos bebe até menos, mas bebe melhor. Qualidade maior, porém, pode ter mais álcool envolvido. Ao invés de cerveja, bebe um bom whisky ou rum.

Mas claro, tem vezes que você liga o foda-se e bebe qualquer merda, só quer ficar doidão, não quer beber por prazer. Respeitamos dessa escolha, até porque nós do PdB, vira e mexe, fazemos isso.

E você, leitor, já teve ressaca de velho?

bêbado de ressaca com a barriga desenhada

Por acaso você se reconheceu em alguma parte desse artigo? Você acordará com sono, sem dor de cabeça. Parece até que você não está de ressaca.

É diferente do que sentíamos antes. Pensamos nisso, que não existe ressaca, mas na verdade ela só evoluiu e você precisa descobrir.

Elas são similares, como você já percebeu em alguns pontos do texto. Mas o que vale ressaltar é que mesmo estando com mais de 30 anos, isso não te deixa livre da ressaca tradicional.

Muito pelo contrário, ela pode te pegar de jeito, fazendo com que você lembre sua juventude. Não que você seja velho, mas ter 33 anos é bem diferente de ter 18 ou 20.

Finalizando

Caso você esteja com mais de 30 anos, já acordou sem ressaca, mas com uma vontade de continuar morto na cama e nem fazer nada durante o dia, parabéns, você provavelmente teve uma ressaca de velho.

O problema é que depois dos 30, principalmente mais perto dos 40, você verá que muitos dias serão assim, mesmo sem beber 😛

Compartilho com vocês uma frase de um grande amigo de um nobre articulista aqui do PdB:

“Depois dos 40, você não fica mais de ressaca, fica doente. Tem gente que inclusive tem febre. Nessas horas envelhecer é mesmo uma merda :D”

E você, já se sentiu assim? O que achou da experiência? Sentiu a evolução? Quer voltar aos 20 anos? 😀 Conte pra nós.

Aquele abraço.

Você também gostará desses

Casamento etílico! Casamento é um momento épico. Seja os noivos e para os convidados. No casamento você extrapola, ouve músicas chatas mas se empolga. Veja como se compo...
Aquela noite incrível de todo final de semana Veja um clássico episódio de uma noite incrível que acontece em praticamente todo final de semana. Bebedeira, banheiro, flerte, ressaca, dentre outros...
Cansei da loira! Às vezes a cerveja cansa. Com sua ressaca ou mal estar do dia seguinte, ficar de pança cheia, lotado de cerveja. Eis que chega um momento de parar um ...
Cerveja. Beber até cair ou beber por prazer? Nesse primeiro post, nosso Mestre Cervejeiro cita a situação inicial de um bêbado. A de beber pra ficar bêbado. E também faz uma comparação com o praz...
Tô de ressaca, fala baixo! Nada pior como um dia após uma longa bebedeira. Aquela dor de cabeça maldita e você sem saco para falar com ninguém. A famosa ressaca.
A hora certa de beber água Uma pequena história engraçada sobre como o nosso corpo reage com a quantidade de cerveja que bebemos e de quanto a água é importante para nos manter ...

Compartilhe: